15 de agosto de 2022

Dívida pública cai pelo sétimo mês seguido e chega a 78,2% do PIB

Banco Central (BC) registrou o sétimo mês seguido de queda na dívida pública em maio, quando ficou em 78,2% do PIB. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (29).

O indicador está em trajetória de queda desde fevereiro do ano passado, quando atingiu o pico histórico de 89% do PIB, impulsionado por gastos decorrentes do enfrentamento à pandemia. Em dezembro de 2021 a dívida/PIB estava em 80,3% e em abril chegou a 78,9%.

No entanto, a expectativa da Instituição Fiscal Independente (IFI), órgão ligado ao Senado, é de reversão dessa tendência ao longo deste ano. A IFI estima que a relação dívida/PIB termine 2022 em 79,4%.

Essa projeção consta no Relatório de Acompanhamento Fiscal de julho e é uma revisão para cima da projeção anterior de 78,7%. Segundo a IFI, a mudança aconteceu porque há uma previsão maior para os juros e inflação menor para o ano.

Segundo o BC, o crescimento do PIB no período foi o que mais contribuiu para a queda no indicador, além dos resgates líquidos da dívida e da valorização cambial.