30 de junho de 2022

“Saio satisfeito pela entrega e pela luta”, afirma Felipe Conceição após empate contra o Afogados

De ressaca pela eliminação na Copa do Brasil, o Náutico ficou no 2 a 2 contra o Afogados no domingo (27), em disputa pelo Campeonato Pernambucano. Com um jogador a menos e levando um gol aos 49 do segundo tempo, o Timbu chega a sua terceira partida seguida sem uma vitória.

Para o técnico Felipe Conceição, há 13 dias ocupando o cargo, os resultados são frutos de desgaste físico, decorrente do apertado calendário de jogos e das longas viagens em curtos períodos de tempo, além da falta de treinamento. “Não é desculpa, mas há 13 dias que estou aqui nós fizemos 5 jogos, e 4 fora de casa, com viagens longas, desgastantes, então aquele segundo tempo pesou também”, afirmou.

“Pena não termos mais tempo de treinamento, mas com o pouco que temos, buscamos equilibrar as questões do ataque, da defesa, um equilíbrio maior. Estamos tomando menos contra-ataques. Houve uma evolução apesar do desgaste físico de hoje.”, completou o técnico, que lamenta o resultado, mas garante que ajustes estão sendo feitos para um melhor aproveitamento do elenco.

Com Kieza lesionado, o Náutico sente o peso de entrar em campo sem o seu camisa 9, e apesar de elogiar o desempenho de Robinho na função, o treinador garante que o clube já tem estudado o mercado em busca de reforços para disputar a Série B do Campeonato Brasileiro. “Temos mapeado o mercado, procurado uma oportunidade, mas não é fácil nesse momento em que os estaduais estão ainda em andamento, mas a gente tem se esforçado, e com certeza até o início da Série B esses atletas vão chegar. A gente precisa de reforços, e a diretoria tem essa consciência”, relatou o treinador.

Mesmo com a sequência de resultados ruins, Felipe Conceição se mostra otimista com o desempenho e dedicação do time, que atualmente conta com muitos jogadores novos, ainda no processo de aprender com as novas experiências. “Dentro do que a gente está construindo com a equipe, hoje eu vi mais coisas do que eu estou pedindo, e a gente tem feito isso com o carro andando, sem tempo para treinamento. Me deixa satisfeito ver a aplicação dos atletas, a dedicação. Eu saio satisfeito pela entrega, pela luta”, finalizou.