20 de junho de 2022

Náutico e Sport empatam em Clássico dos Clássicos nos Aflitos

Clássico dos Clássicos deste sábado (18) nos Aflitos, pela Série B do Campeonato Brasileiro, terminou em 1 x 1, com gols de Kayke e Richard Franco. A partida também marcou o retorno de Kieza, que não entrava em campo desde a primeira partida da final do Campeonato Pernambucano. Com o resultado, tanto Náutico quanto Sport se mantém há três partidas sem vencer na competição.

O mandante dominou os primeiros minutos de jogo. A equipe do treinador Roberto Fernandes entrou em campo mais ofensivo e com maior domínio da bola, levando o duelo com frequência para a área do Leão. O Timbu, no entanto, demonstrou dificuldade em acertar suas várias finalizações – problema acentuado pelo bom desempenho da defesa do Leão, para a tranquilidade do goleiro Mailson.

O domínio alvirrubro começou a se dissipar aos 35 minutos da primeira etapa. Após cobrança de falta de Luciano Juba e assistência de Rafael Thyere, o atacante Kayke abriu o placar para o Sport. O gol pesou no desempenho do Náutico, que passou a sofrer ainda mais com os contra-ataques perigosos do rival, desperdiçados por problemas na finalização.

Clássico dos Clássicos retornou para um segundo tempo intenso, marcado pela pressão da marcação rubro-negra. Enquanto a defesa do Náutico parecia ainda abalada, o ataque buscou novas formas de retomar a ofensividade, arriscando com finalizações de fora da área para evitar a zaga do Leão.

A estratégia do ataque alvirrubro rendeu frutos. Aos 30 minutos do segundo tempo, Richard Franco deixou tudo igual para o Náutico, em finalização fora da área e assistência de Victor Ferraz. Em tentativa para reforçar ainda mais o ataque, o volante Ralph deu espaço para a estreia do atacante Geuvânio, que ainda está em fase de preparação física, e não mostrou sintonia com a equipe.

A substituição também prejudicou a frágil defesa do Timbu, que precisou da boa atuação do arqueiro Lucas Perri em saídas perigosas do Sport, pelos pés de JubaBuffalo e Thiago Lopes.

O empate é um resultado amargo para ambas as equipes. O Sport termina a rodada fora do G4, após vitória do Grêmio em cima do Sampaio Corrêa, enquanto o Náutico passa a noite fora da zona de rebaixamento, para onde pode retornar após duelo entre Guarani e CSA neste domingo.

Ficha Técnica:

Náutico 1

Lucas Perri; Carlão, Bruno Bispo e João Paulo (Júnior Tavares); Rhaldney (Thássio), Ralph (Geuvânio), Victor Ferraz, Richard Franco e Pedro Vítor (Niltinho); Jean Carlos e Kieza (Amarildo). Técnico: Roberto Fernandes.

Sport 1

Mailson; Ezequiel, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Fabinho, Bruno Matias (Pedro Naressi) e Giovanni (Bill); Luciano Juba, Jaderson (Thiago Lopes) e Kayke (Búfalo Parraguez). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Estádio dos Aflitos;

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ);

Assistentes: Thiago Henrique Corrêa e Daniel do Espírito Santo Parro;

Gols: Kayke (Sport), Richard Franco (Náutico);

Cartões amarelos: Carlão (Náutico); Rafael Thyere, Ray Vanegas, Ezequiel (Sport);

Público: 6.011 torcedores

Renda: R$ 147.144,00