6 de julho de 2022

Anderson Ferreira reforça laços com Bolsonaro para chegar ao 2º turno

O pré-candidato a governador de Pernambuco, Anderson Ferreira, acompanhado do seu companheiro de chapa, Gilson Machado, esteve em Brasília para se reunir com o presidente Jair Bolsonaro. O encontro acontece num momento de recuperação do presidente e consolidação do segundo turno contra o ex-presidente Lula.

A vinculação de Anderson Ferreira com Bolsonaro já começou a surtir efeito, uma vez que nas redes sociais, o postulante do PL vem dando sinais de crescimento perante o eleitor bolsonarista do estado. A medida que o tempo for passando e o eleitor identificar essa proximidade de projetos, Anderson poderá tomar votos de seus principais adversários na direita, Miguel Coelho e Raquel Lyra, especialmente o ex-prefeito de Petrolina, que tinha tudo para ser o nome do presidente em Pernambuco mas optou por distanciar-se do ocupante do Planalto.

Nas eleições de 2018 o presidente Jair Bolsonaro obteve 30,57% dos votos válidos no primeiro turno e 33,5% na segunda etapa sem ter nenhum candidato majoritário pedindo voto para a sua candidatura. Com a presença de Anderson Ferreira disputando o governo e Gilson Machado o Senado, a expectativa dos bolsonaristas é que ele possa subir para 35% dos votos válidos no primeiro turno e chegar a 40% na segunda etapa.

Se atingida essa meta, o voto casado Anderson/Bolsonaro, ambos possuem o mesmo número, poderá levar o ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes ao segundo turno, e por isso Anderson tende a vincular-se cada vez mais ao chefe do executivo nacional para buscar uma eventual vitória na segunda etapa em outubro.