16 de maio de 2021

Após polêmica, MEC muda para 1º de março aulas presenciais nas universidades federais

 

Rádio jornal-PE

O Ministério da Educação (MEC) mudou, de 4 de janeiro para 1º de março, o início das aulas presenciais nas instituições federais de ensino superior. A nova data foi definida em portaria publicada na edição extra do Diário Oficial da União, nessa segunda-feira (7).

O documento recomenda que, para a realização das aulas presenciais, as instituições deverão observar os protocolos de biossegurança para o enfrentamento da pandemia da covid-19.

Portaria anterior

portaria anterior, publicada no Diário Oficial no dia 2 de janeiro, que determinava a retomada das aulas em janeiro, não foi revogada, mas alterada no trecho que trata do início das aulas presenciais. O recuo do MEC se deu após a determinação ter repercutido de forma negativa.

Na ocasião, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que iria abrir uma consulta pública para “ouvir o mundo acadêmico” antes de tomar uma nova decisão.

O texto da nova portaria diz, ainda, que “os recursos educacionais digitais, tecnologias de informação e comunicação ou outros meios convencionais poderão ser utilizados em caráter excepcional, para integralização da carga horária das atividades pedagógicas”, no cumprimento das medidas para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.