25 de outubro de 2021

Novatos do Náutico chamam atenção de Hélio dos Anjos

O lateral-esquerdo Júnior Tavares, o volante Matheus Jesus e o meia Jailson foram alguns dos reforços que desembarcaram no Náutico recentemente para a reta final da Série B do Campeonato Brasileiro 2021. Os dois últimos, inclusive, vieram após a chegada do técnico Hélio dos Anjos. Nos jogos passados, ambos com vitória do Timbu, perante Operário e Goiás, o trio ganhou elogios do comandante, se firmando na base titular da equipe.

Matheus foi autor de um dos gols na vitória por 3×2 diante do Goiás. O atleta já havia sido titular perante o Operário/PR, atuando mais à frente, no meio-campo, e permaneceu entre os 11 perante o Esmeraldino, em posição mais recuada, ao lado de Rhaldney na cabeça de área.

“Ele sabe jogar, ter o jogo. Quando vimos a oportunidade de trazê-lo, depois dos problemas que ele teve no Juventude, eu não pensei duas vezes. Ele tem qualidade técnica, bom posicionamento e veio para dar um ‘algo mais’ na equipe”, disse Hélio. Elogios que se seguiram também para Júnior Tavares.

“Ele deu a pitada técnica definitiva. Mais uma vez, foi ao fundo e colocou a bola no nosso centroavante”, declarou. O lance, em questão, foi o cruzamento para o gol de Caio Dantas. Contra o Operário, Júnior também deu assistência para o tento do camisa 99, que garantiu os três pontos no Germano Kruger.

Sobre Jaílson, Hélio frisou não somente os aspectos táticos e técnicos, mas também o desempenho físico. “Ele foi fundamental nas duas partidas. Veio do Santa Cruz, estava na Série C, mas foi uma contratação valiosa para nós. O melhor jogador em desempenho físico. Ele deu 35 inserções acima de 23 quilômetros (por hora). No jogo do Operário, foram 37. O volume, nos dois jogos, deu quase 11 quilômetros (percorridos). Ele está me impressionando no aspecto técnico e tático”, argumentou.