25 de outubro de 2021

Por irregularidades, Secretaria de Geraldo adia licitação em SUAPE

Blog do Magno

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, titularizada pelo ex-prefeito Geraldo Júlio (PSB), teve que adiar mais uma licitação na estatal Porto de SUAPE, por suspeita de irregularidades. Desta vez, o objeto controverso da licitação foi a “contratação de empresa especializada para implantação de torres solar fotovoltaica para iluminação do cercamento da área alfandegada do porto organizado”. Um relatório de auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) encontrou várias supostas irregularidades e a licitação teve que ser adiada.

Segundo os auditores do TCE, colegas de concurso público de Geraldo, o “edital e anexos não desenvolvem a solução de forma a fornecer visão global da obra e identificar todos os elementos constitutivos com clareza”. Ainda segundo o TCE, havia “cláusula restritiva à competitividade do certame”. Os auditores do TCE concluíram “pelo pedido de medida cautelar a fim de correção das falhas apontadas”.

Notificada, a estatal SUAPE teve que publicar no Diário Oficial o adiamento da licitação para “alterações no edital”. Agora, os auditores do TCE farão o “acompanhamento por parte do TCE para uma possível republicação do edital com alterações”.