20 de junho de 2021

Com gols de Richarlison e Neymar, Brasil vence Equador e se mantém 100%

O Brasil sofreu no primeiro tempo, mas engrenou no segundo tempo e venceu o Equador por 2 a 0, pela sétima rodada das eliminatórias. A Seleção se manteve líder e com 100% de aproveitamento na competição. Mas, em uma semana com bastidores tensos na Seleção, o resultado não foi o que chamou mais atenção no Beira-Rio. O abraço de todos os jogadores em Tite nos gols de Richarlison e Neymar e a entrevista forte do capitão Casemiro após a partida indicam que os próximos dias serão movimentados.

O Brasil chega aos 15 pontos em cinco jogos disputados e lidera com folga as eliminatórias, com quatro pontos de vantagem para a Argentina, segunda colocada. O Equador fica com nove pontos, na terceira posição. Na próxima terça, a Seleção pega o Paraguai, em Assunção, às 21h30, com transmissão da TV Globo. Os equatorianos recebem o Peru, às 18h, com transmissão do SporTV.

O Brasil esteve longe de ser ameaçado. Mas fez um primeiro tempo pobre. Finalizou quatro vezes contra uma dos visitantes, mas levou pouco perigo ao gol de Domínguez nos 45 minutos iniciais. Gabigol chegou a balançar as redes aos 41 ao desviar a bola em cruzamento de Richarlison da direita, mas a arbitragem marcou impedimento no lance, confirmado pelo VAR. Na volta do intervalo, a Seleção demorou a engrenar. E só se encontrou depois que Tite sacou Fred e colocou Gabriel Jesus. Com quatro atacantes em campo, Neymar passou atuar mais recuado, e Paquetá apareceu para o jogo.