5 de março de 2021

Após 41 anos, Band fecha acordo de transmissão da Fórmula 1

A Band anunciou, nessa terça-feira (9), o acordo de transmissão exclusiva das temporadas de 2021 e 2022 da Fórmula 1. A categoria voltará à emissora após ser exibida durante 41 anos na Globo.

O contrato assinado pela emissora prevê a exclusividade para a exibição das 23 provas do calendário do circuito. Os Grande Prêmios serão exibidos na Band e os treinos classificatórios, no canal pago BandSports, que também transmitirá as Fórmula 3 e Fórmula 2.

A emissora ainda não fechou a equipe de transmissão. Até o momento, o comentarista Reginaldo Leme, que acompanha a categoria há mais de 40 anos e com passagem pela Globo, é um dos nomes fechados. O mercado especula a contratação de Mariana Becker, repórter da categoria demitida recentemente da Globo, mas a Band ainda não confirmou

O Brasil representa um dos cinco maiores mercados do mundo em audiência e faturamento da Fórmula 1. Voltar a ser a casa da categoria depois de 41 anos é motivo de muito orgulho para nós”, diz o presidente da Rede Bandeirantes de Rádio e Televisão, João Saad.

As transmissões começarão já a partir da primeira corrida, marcada para março. A Band apostará na cobertura extensa da temporada com conteúdo jornalístico em todas as plataformas do grupo como um dos pilares do acordo.

A Band transmitiu a Fórmula 1 pela última vez em 1980. Durante os últimos 41 anos, os direitos foram da Globo. “O Grupo Bandeirantes parabeniza o Grupo Globo pela grande qualidade técnica e jornalística, que valorizou e elevou a importância da modalidade”, disse a Band.

“A Band, junto com todo o time da F1, vai trabalhar muito e com toda a motivação para que o amante do automobilismo vibre com o jeito Band de fazer esporte. Será uma jornada espetacular e não vemos a hora de ser dada a largada”, comemora o diretor de esportes do canal, Denis Gavazzi.

A temporada 2021 da Fórmula 1 tem estreia marcada para 28 de março, com o GP do Barein, no circuito de Sakhir. O GP do Brasil, que não ocorreu em 2020 por causa da pandemia de Covid-19, e agora chamado GP de São Paulo, está previsto para 7 de novembro, no circuito de Interlagos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *