11 de agosto de 2020

Tiroteio em escola no Texas faz várias vítimas fatais

Um tiroteio na Santa Fe High School, em Santa Fe, no Texas (EUA), deixou vários mortos, de acordo com autoridades policiais. Ainda não há números oficiais de vítimas, embora a imprensa local fale em pelo menos 8 mortos, citando fontes da polícia.
A informação de que houve diversas mortes foi confirmada pelo xerife do Condado de Harris, Ed Gonzales, em sua conta no Twitter. Ele também afirmou que um policial ficou ferido e está em tratamento.
Vários feridos também estão sendo atendidos no local ou deslocados para hospitais da região.
Gonzales também informou que duas pessoas foram detidas.
Alunos relatam tiroteio
Uma imagem aérea do lado de fora da escola transmitida pela televisão local mostrou policiais escoltando filas de estudantes para fora do prédio e, em seguida, procurando por armas, enquanto muitos carros da polícia, ambulâncias e três helicópteros estavam no local.
A aluna Leila Butler disse à afiliada local da ABC que os alarmes de incêndio dispararam por volta das 7h45 (horário local), e os alunos deixaram suas salas de aula. Ela disse que alguns estudantes acreditam ter ouvido tiros, e que estava se abrigando com outros estudantes e professores perto do campus.
Outro estudante chamado apenas Nikki disse à ABC13: “Alguém entrou com uma espingarda e uma garota levou um tiro na perna”.
Santa Fé High School
O tiroteio ocorreu na Santa Fe High School, uma escola de ensino médio. Os relatos de estudantes à rede de TV ABC dão conta de que pelo menos uma aluna foi atingida pelos disparos, que teriam ocorrido dentro de uma sala de aula de artes.
Segundo levantamento feito pela CNN, este foi o 22º tiroteio em escolas norte-americanas este ano, uma média de 1 por semana.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comentou o incidente em sua conta no Twitter.
“Tiroteio em uma escola no Texas. Os primeiros relatos não parecem bons. Que Deus abençoe a todos”, postou Trump.
“Meu coração está com Santa Fé e todo o Texas hoje”, escreveu a primeira-dama dos EUA, Melania Trump, no Twitter.
Fonte:Blog J. Campos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *