14 de agosto de 2020

Robô da Nasa parte em missão para Marte em busca de vida em local que já foi um lago há bilhões de anos

O robô Perseverance, da Nasa, partiu da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, às 8h50 da manhã desta quinta (30), rumo a Marte, em busca de vida em um local que já foi um lago há bilhões de anos.

A previsão de aterrissagem no Planeta Vermelho é em 18 de fevereiro do ano que vem.

O robô Perseverance carrega instrumentos para, além de coletar amostras, observar a geologia e transformar dióxido de carbono em oxigênio para viabilizar uma missão com humanos no planeta.

“Estamos todos emocionados. É apenas fantástico”, declarou o diretor de ciências planetárias da Nasa, Bobby Braun, minutos após o lançamento.

Ele explicou que o foguete está “quase na rota de Marte”. Ainda será necessária outra “queima de motor” para, então, o foguete sair da sombra da Terra, encontrar o Sol e os cientistas poderem fazer contato com a nave.

Entenda a Mars 2020

Os cientistas acreditam que Marte tinha, entre 3 e 4 bilhões de anos atrás, um lago onde hoje existe uma cratera. É lá que irá aterrissar a nova missão da agência espacial americana (Nasa), a Mars 2020, para coletar amostras em busca de vida. O local tem sedimentos similares aos encontrados na Terra que podem conter vestígios de outros organismos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *