Prefeitura de Petrolina reforça cuidados contra transmissão do novo coronavírus

A Prefeitura de Petrolina está reforçando com a comunidade os cuidados para prevenir o novo coronavírus (Covid-19), além de ampliar as ações do Plano Municipal de Contingenciamento. Com centenas de profissionais treinados para atender ao público, a Secretaria de Saúde salienta quais são os cuidados básicos de prevenção que a população deve adotar e as ações da atual administração em relação aos casos suspeitos da doença.

O mais importante que precisamos ressaltar são os cuidados que todos devem tomar. São ações simples de higiene, como lavar frequentemente as mãos, proteger a boca com um pano ou o antebraço sempre que tossir ou espirrar e evitar grandes conglomerados. Vale lembrar que essas atitudes não são apenas para o coronavírus, mas para qualquer vírus respiratório. A prevenção continua sendo o melhor caminho”, explica a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque.

Desde o início dos primeiros casos no país, a Prefeitura de Petrolina vem realizando ações e dialogando com diversos setores. Dessa forma, foi definido o Plano de Contingência com o fluxo de atendimento, a assistência correta aos pacientes, monitoramento dos casos suspeitos e a segurança dos profissionais da saúde durante o manejo clínico.

Diante desse cenário, a gestão municipal também orienta que, além de evitar pânico, as pessoas também precisam evitar aglomerações nas unidades de saúde e só procurar atendimento quando necessário. “Não procurem atendimento se for uma demanda não grave e não saiam de casa caso tenham sintomas respiratórios leves. Para quem estiver de quarentena, respeitem! Caso identifique alguém que não está cumprindo a quarentena, denuncie. O número da Vigilância em Saúde é (87) 3866-8567“, destaca a gestora da pasta.

Sintomas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que os sintomas mais comuns do novo coronavírus são: febre, tosse e dificuldade de respirar. De acordo com a entidade, alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, coriza e dor de garganta. Esses sintomas, geralmente, são leves e evoluem gradualmente.

Se sentir esses sintomas, ligue para a Vigilância em Saúde. Nos finais de semana, feriados e durante a semana após as 17h o paciente deve procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Durante a semana procurar uma Unidade Básica de Saúde. Quem tiver plano de saúde deve buscar o atendimento no hospital conveniado. Ainda tem outro contato da Vigilância em Saúde para o plantão dos finais de semana (87) 98841-0800. Pacientes que apresentarem complicações respiratórias devem procurar a UPA. Destacamos que estes pacientes não devem ser encaminhados para o Hospital Universitário (HU)”, finaliza a secretária de Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carnaval das Caretas 2019