Polícia Federal oficia Secretaria de Saúde do Recife sobre compra de insumos de saúde

A Polícia Federal em Pernambuco oficiou, nesta sexta-feira (22), a Secretaria de Saúde do município do Recife para apresentar documentação sobre a aquisição de máscaras cirúrgicas, toucas, aventais descartáveis e cama hospitalar após dispensa de licitação que supera R$ 15 milhões. Segundo levantamentos preliminares da Controladoria Geral da União (CGU), o valor licitado é aproximadamente 53 vezes maior que o Capital Social da empresa contratada gerando, assim, dúvidas quanto a capacidade operacional de arcar com o contrato firmado.

Policiais federais também diligenciaram na sede da empresa a fim de verificar seu efetivo funcionamento e regularidade da entrega dos bens adquiridos. Procurada pela reportagem, a assessoria de Imprensa não quis divulgar o nome da empresa investigada.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Recife informou que não houve qualquer tipo de operação da Polícia Federal na sede da Prefeitura e esclarece que os contratos de fornecimento de camas, máscaras, aventais e toucas com a empresa Delta Med cumprem toda legislação e que os preços praticados estão de acordo com o mercado.

A Secretaria ainda esclareceu que a empresa está fazendo as entregas conforme cronograma pactuado. “As informações serão enviadas no prazo estabelecido no pedido de informações. Antes mesmo de receber o ofício, a Prefeitura do Recife já havia enviado, desde abril, por decisão própria, os processos para o Tribunal de Contas do Estado, assim como está fazendo com todos os processos de aquisição da covid-19”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carnaval das Caretas 2019