Afogados adere a Agenda Ambiental na Administração Pública

O Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, assinou nesta terça (26), o termo de adesão a A3P – Agenda Ambiental da Administração Pública.

A assinatura ocorreu em audiência no Ministério do Meio Ambiente, com as presenças do secretário de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Edson Duarte, e o coordenador da A3P, Dioclécio da Luz.

Afogados é o segundo município de Pernambuco a aderir formalmente ao programa. O primeiro foi Recife. O programa, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente desde 1999, norteia práticas sustentáveis nas instituições públicas. Até o momento, 313 órgãos já aderiram à agenda, 19 deles somente neste ano. Outros 24 estão em processo de adesão.

Segundo o secretário Edson Duarte, o município deve ser referência no Nordeste pela série de experiências bem-sucedidas já em andamento. “O ministério quer municipalizar as políticas públicas nacionais de meio ambiente. Faremos uma lista positiva dos municípios, ou seja, daqueles que têm ações que podem servir de exemplo, como Afogados da Ingazeira”, destacou Edson Duarte. “Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável são um guia estratégico para gestor público dimensionar a política”, citou.

Em seguida à assinatura ao termo de adesão à A3P, o prefeito José Patriota reuniu-se com a diretora de Qualidade Ambiental e Gestão de Resíduos do MMA, Zilda Veloso, para buscar soluções para o tema no município. Para ele, a gestão de resíduos sólidos é umas das prioridades. “Estamos atrasados e precisamos solucionar isso, em rede, com o apoio de todos os setores da sociedade”, afirmou Patriota.

A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que tem por objetivo estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.

O Programa A3P se destina aos órgãos públicos das três instâncias: federal, estadual e municipal; e aos três poderes da República: executivo, legislativo e judiciário. É uma agenda voluntária – não existe norma impondo e nem sanção para quem não segue as suas diretrizes.

Ricardo Teobaldo garante emenda para Tabira e nesta quarta Sebastião Dias e Marcílio visitarão Armando Monteiro

Prefeitos pernambucanos e paraibanos estão em Brasília visitando ministros, deputados e senadores numa verdadeira saga em busca de recursos para tirarem seus municípios da crise e conseguirem verbas para realização de mais obras em seus municípios.
Tabira está representada através do seu gestor, Sebastião Dias, e do vereador líder do governo na Câmara, Marcílio Pires. Já foi colocado em prática o encontro dos prefeitos dos dois estados com o ministro da Integração, Hélder Barbalho, para cobrar a conclusão da Adutora do  
Pajeú que vai até Taperoá-PB.
Nesta quarta-feira (27) está prevista reunião na sede da CNM (Confederação Nacional dos Municípios) com o presidente do DNOCS. À tarde na Câmara dos Deputados com o relator da Comissão de Orçamento. E no início da noite com o senador Armando Monteiro em seu gabinete.
Em contato com a Redação do Blog, o prefeito Sebastião Dias comemorou o fato do deputado federal Ricardo Teobaldo ter selecionado o valor de R$ 1 milhão em emendas onde R$ 500 mil serão destinados ao campo de futebol, R$ 300 mil para a cobertura da feira de frutas e verduras e R$ 200 mil para o calcário

Prefeito de Triunfo participa de encontro para garantir conclusão da adutora do Pajeú

Para garantir a conclusão do projeto inicial da adutora do Pajeú, que pode ter as obras paralisadas devido cortes no orçamento, prefeitos e vereadores de Pernambuco e da Paraíba promovem agenda, em Brasília. Durante toda a manhã dessa terça-feira (26), parlamentares marcaram presença no encontro, que ocorreu na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM) em Brasília.

 O presidente da Amupe, José Patriota, é o líder da comitiva de gestores locais durante as atividades na Capital Federal. Ele também presidiu a reunião e apresentou a demanda aos presentes. “Nosso pedido não é complicado. É simples. Queremos que a obra seja retomada”, disse Patriota no início do encontro.

 A proposta da adutora é levar água do canal do São Francisco a 22 Municípios pernambucanos e a oito paraibanos. A população dessas localidades aguarda a conclusão da obra para obter abastecimento de água. Diante desse cenário, a CNM, a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), a Federação das Associações de Município da Paraíba (Famup) e o Ministério Público de Pernambuco promovem as atividades, que vão até esta quarta-feira, 27 de setembro.

Recursos
“Para a conclusão da adutora de Pajeú, nós precisamos de R$ 185 milhões – R$ 25 milhões para este ano, na primeira fase, e R$ 160 milhões para 2018”, contou o presidente da Amupe. Segundo ele, a verba vai garantir água para consumo humano nesses  Municípios.

Enquanto ocorria o debate, os prefeitos conseguiram marcar agenda com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. Também receberam ligação do coordenador estadual do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Angelo José Guerra, que orientou os municipalistas sobre as etapas da construção da obra e a possibilidade de o governo deslocar recursos de um outro projeto para destinar a adutora de Pajeú.

 Triunfo

O prefeito de Triunfo, João Batista, também esteve presente no encontro e divulgou ontem (26), que continua na luta pelo ramal no município. “estivemos em  audiência com o Ministro da Integração Hélder Barbalho. O assunto foi a adutora do Pajeú que vai até a Paraíba. Prefeitos e parlamentares dos dois estados participando desta ação planejada conjuntamente. Na audiência lembrei ao Ministro do compromisso dele tirar do papel a obra do ramal de Triunfo e Santa Cruz, ao que ele respondeu na presença de todos que já tinha autorizado o Angelo Diretor do DNOCS a iniciar a obra. Amanhã terei reunião com o Diretor do Dnocs Dr. Angelo para dar procedimento a esta mobilização pela conclusão da Adutora e pelo nosso ramal.”

Em Sertânia mutirão de voluntários constrói casas para famílias em situação vulnerável

“Qual a distância entre você e a pobreza?” Pense e seja você também um voluntário!

Desde dezembro de 2016 vem se repetindo no município de Sertânia, especificamente em áreas rurais, onde estão localizadas as pessoas mais carentes e algumas residem com parentes e outras em casas de taipa, mutirões compostos com pessoas voluntárias empenhadas em melhorar as condições de vida de famílias em situação de vulnerabilidade social. 
A ação acontece em dois momentos, coleta de material através de doações e a execução da obra, quem tem condições de doar material doa e quem não tem contribui com a mão de obra. 
Uma atitude louvável que sendo divulgada servirá de exemplo e incentivo para que outras comunidades busquem ajudar-se mutuamente, é um nobre sentimento de reciprocidade. 

Esse trabalho projetou-se através do Sr. Adriano Vasconcelos, conhecido por “Adriano das Placas”, após ter percorrido várias regiões do município no período eleitoral, e ter se deparado com situações de calamidade, famílias vivendo em situação de extrema pobreza, carentes em todas as formas da lei. Sensibilizando-se com a situação, mesmo não tendo sido eleito, sentiu-se compromissado a realizar algum trabalho social para melhorar a qualidade de vida de algumas famílias, diante das suas limitações financeiras, através da participação nas reuniões das Associações Comunitárias, vem identificando as prioridades e reunindo voluntários para integrar os mutirões, a principio contou com um número reduzido de 08 (oito) voluntários e com o tempo conseguindo somar até 16 (dezesseis) voluntários. 
O foco do trabalho iniciou com residências mas já contemplou também a construção de Capelas para beneficiar as comunidades. 

Um bom exemplo a ser seguido num contexto social em que os políticos só pensam em si próprio, esquecem durante 03 (três) anos o bem comum e a sociedade que o elegeu. 
Muito mais que um teto, o emprenho de Adriano visa promover o desenvolvimento comunitário, o que tem surtido diferenças importantes nos povoados e distritos da cidade de Sertânia. 
O empenho de Adriano e demais voluntários é realizar o “sonho das pessoas de terem a casa própria. Mas para melhorar a vida das comunidades o grupo de voluntários também irá construir as sedes das Associações e as Capelas onde ainda não tem. 
Adriano reconhece que a ação serviu para um aprendizado pessoal, tanto dele quanto das pessoas das comunidades que não tinham aquele espírito coletivo. Mas, com as reuniões, despertou dentro de muitos uma parte social, um desejo pelo bem comum. 

Para colaborar 
Existem maneiras diretas e indiretas de colaborar. De maneira indireta, é possível fazer contribuições para ajudar com os custos das obras. Já quem prefere colocar a mão na massa pode se inscrever como voluntário, participando das ações, que se compromete a dedicar um pouco do seu tempo semanalmente, conforme cronograma. 
As famílias são escolhidas a partir da condição socieconômica e do envolvimento delas com o projeto. 
Idéia também busca sensibilizar a sociedade para a desigualdade social e a pobreza extrema 
“A pobreza e a desigualdade social são problemas evidentes da nossa sociedade. Ainda assim, poucas vezes são pauta para notícias e de conversas cotidianas. Com a Coleta, queremos fazer que isso se torne um tema do cotidiano e que a sociedade se sinta parte da solução”. 
Motivação: ‘É muito gratificante’ 
Você se envolve com a comunidade e com os voluntários, com o tempo descobre que o seu conhecimento pode ajudar outras pessoas. 
Adriano coordena o trabalho dos voluntários nos fins de semana, nas comunidades rurais do município de Sertânia. “Depois das construções, deixei de ser alheio aos problemas ao meu redor”, contou. Mais do que ver os problemas sociais de perto, o trabalho mudou outros aspectos de sua personalidade. “Não deixar de acreditar no ser humano. É isso que eu aprendo em toda atividade”, conclui.

Tuparetama realiza a 1º Conferência de Educação sábado (30) para reavaliar as estratégias do Plano Municipal de Educação 2015/2025

A Secretaria de Educação de Tuparetama e o Conselho Municipal de Educação (CME) vão realizar no sábado (30) a 1º Conferência de Educação. Esta vai acontecer na quadra da Escola Estadual Ernesto de Souza Leite das 8hs às 12h30. O objetivo é discutir com a sociedade as estratégias do Plano Municipal de Educação 2015/2025 através de gestão participativa.
As estratégias do Plano Municipal de Educação devem ser revistas a cada 2 anos. “Daí sairão metas de curto e longo prazo a serem aplicadas”, disse a presidente do CME e Coordenadora da Educação do Campo da Secretaria de Educação de Tuparetama, Maria Brasiliano. Esta conferência tem como tema Plano Municipal de Educação: Compromisso de Todos.
Segundo Maria, é importante que a sociedade participe das decisões da conferência. “Se identificarmos que temos um alto índice de faltas vamos decidir nesta gestão participativa uma forma de resolver de imediato”, disse a Coordenadora de Educação.
“A Secretaria de Educação de Tuparetama enviou às entidades representantes da sociedade civil uma ficha de inscrição com a programação da 1º Conferência de Educação”, disse Maria.

AFOGADOS É O SEGUNDO MUNICÍPIO DE PERNAMBUCO A ADERIR À AGENDA AMBIENTAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, assinou nesta terça (26), o termo de adesão a A3P – Agenda Ambiental da Administração Pública. A assinatura ocorreu em audiência no Ministério do Meio Ambiente, com as presenças do secretário de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Edson Duarte, e o coordenador da A3P, Dioclécio da Luz.
Afogados da Ingazeira é o segundo município de Pernambuco a aderir formalmente ao programa. O primeiro foi a Capital do Estado, Recife. O programa, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente desde 1999, norteia práticas sustentáveis nas instituições públicas. Até o momento, 313 órgãos já aderiram à agenda, 19 deles somente neste ano. Outros 24 estão em processo de adesão.
Segundo o secretário Edson Duarte, o município deve ser referência no Nordeste pela série de experiências bem-sucedidas já em andamento. “O ministério quer municipalizar as políticas públicas nacionais de meio ambiente. Faremos uma lista positiva dos municípios, ou seja, daqueles que têm ações que podem servir de exemplo, como Afogados da Ingazeira”, destacou Edson Duarte. “Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável são um guia estratégico para gestor público dimensionar a política”, citou.
 
SUSTENTABILIDADE
Confira algumas das ações implantadas pela Prefeitura de Afogados da Ingazeira, antes mesmo de aderir a A3P:
– Preservação ambiental do sítio arqueológico da Serra do Giz (PE), uma área com 315 hectares de Caatinga, com inscrições rupestres em paredes de pedra, adquirida com recursos próprios pela prefeitura, prestes a se tornar uma unidade de conservação municipal;
– Eficiência energética por meio do uso de lâmpadas LED no estádio Vianão – o único na região Nordeste com essa característica;
– Reuso de água tratada do esgoto para molhar o gramado do estádio profissional de futebol;
– Conselho municipal de meio ambiente ativo, com expressiva e relevante participação de instituições da sociedade civil;
– Conservação do solo e distribuição de mudas frutíferas e da Caatinga.
– Escola municipal integral de referência no Estado, com educação ambiental na grade curricular.
Em seguida à assinatura ao termo de adesão à A3P, o prefeito José Patriota reuniu-se com a diretora de Qualidade Ambiental e Gestão de Resíduos do MMA, Zilda Veloso, para buscar soluções para o tema no município. Para ele, a gestão de resíduos sólidos é umas das prioridades. “Estamos atrasados e precisamos solucionar isso, em rede, com o apoio de todos os setores da sociedade”, afirmou Patriota.
A3P
A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que tem por objetivo estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.
O Programa A3P se destina aos órgãos públicos das três instâncias: federal, estadual e municipal; e aos três poderes da República: executivo, legislativo e judiciário. É uma agenda voluntária – não existe norma impondo e nem sanção para quem não segue as suas diretrizes.

Em Quixaba, Escola Tomé Francisco conquista 10 Medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

A coordenação da OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA, a OBA divulgou nesta segunda-feira, 25 de setembro, a relação dos estudantes premiados com medalhas de ouro, prata e bronze.

Em 2017, a Escola Tomé Francisco da Silva, localizada no Distrito de Lagoa da Cruz, no municipio de Quixaba, no sertão do Estado de Pernambuco, conquistou 10 medalhas, sendo 01 de ouro, 03 de prata e 06 de bronze. Foram contemplados na premiação estudantes do Ensino Fundamental I (4º e 5º ano) e do Ensino Fundamental II (8º ano).

A OBA tem uma única fase e é realizada toda ela dentro de um só ano letivo, e foi coordenado pela professora Maria Josineide Quidute da Silva.

Na OBA todos os alunos recebem um certificado de participação impresso com o seu nome e se ganhou alguma medalha o tipo dela também consta do certificado. E se ganhou medalha, claro, recebe a mesma, a qual em geral é cunhada em metal ou acrílico. Todos os professores envolvidos no processo e também os diretores escolares recebem os seus certificados. Aliás, até a escola recebe um certificado com o nome dela. Conheça os premiados:

FASP realiza Aula Magna de Bacharelado em Direito

A FASP – Faculdade do Sertão do Pajeú, vinculada à Autarquia Educacional de Afogados da Ingazeira, realiza nesta sexta, dia 29, à s 19h30, na sede da instituição, a Aula Magna que abre o semestre acadêmico do Curso de Bacharelado em Direito.

A programação começa com a inauguração da rampa de acesso construída para dar acessibilidade, um dos requisitos para instalação do curso. A solenidade terá presenças de empresários que contribuíram com o mutirão para construção do equipamento, orçado em pouco mais de R$ 70 mil, o prefeito José Patriota, mais a Diretora Administrativa da FASP, Socorro Dias e da AEDAI, Fátima Oliveira, além da comunidade acadêmica.

Na sequência, haverá inauguração da nova biblioteca da instituição, também adaptada para o novo bacharelado de Direito. Foram feitos investimentos de mais de R$ 100 mil pela prefeitura municipal. A instituição também climatizou duas salas de aula para o curso e pretende fazer o mesmo para os demais cursos.

Fechando a programação haverá às 20h, Aula Magna proferida pelo Professor Doutor Welton Roberto, PHD pela Universidade de Pavia – Italia. Dr Welton tem várias publicações e é um dos nomes mais respeitados do país sobre o tema. A aula é aberta à toda a comunidade acadêmica.

Quixaba e Solidão recebem o Detran Itinerante esta semana

Quixaba -PE

Os municípios de Quixaba e Solidão são os próximos no Pajeú a receber a unidade do programa DETRAN Itinerante, que consiste em um caminhão adaptado para realizar o atendimento com os serviços do Órgão como numa loja de shopping.

A unidade chegou nesta terça em Quixaba, ficando até a quarta, dia 27. Quinta (28) e sexta (29) estará em Solidão.
Na unidade os usuários poderão realizar os procedimentos de transferência de propriedade, primeiro emplacamento, emissão de taxas, IPVA e multas, comunicação de venda, consultas e pontos, atualização de dados, vistoria, identificação de condutor, recurso de infração, ordem de placa, informações gerais, entre outros.
A ida será acompanhada pelo do Coordenador da Ciretran Afogados da Ingazeira, Heleno Mariano e pelos prefeitos de Quixaba, Tião de Gaudêncio e de Solidão, Djalma Alves.
O veículo disponibiliza uma estrutura completa com três guichês de atendimento, ar condicionado, gerador próprio e computadores com acesso a internet interligados com a base de dados do DETRAN-PE, além de contar com plataforma elevatória para pessoa com deficiência.

Prefeitura de Quixaba concluí em 60 dias a construção de novas praças no centro da cidade

A Prefeitura de Quixaba, juntamente com a Secretaria de infraestrutura do Município, está transformando a cidade em um grande anteiro de obras. No domingo 01 de Outubro, quando o municipio completa 26 anos de Emancipação Politica, o prefeito Tião de Gaudêncio (PR), ao lado do vice Prefeito Fanca e do ex prefeito Zé Pretinho, estarão inaugurando as Praças das Ruas Alice Gomes dos Reis, Gaudêncio Miguel e José Pereira dos Anjos, na sede do município.
Foram investidos quase R$ 60.000,00 (Sessenta mil reais) nas construções com recursos próprios, beneficiando os quixabenses e  moradores das respectivas ruas.
As obras tiveram inicio no dia 01 de Agosto e teria prazo de 120 dias para término. Com eficiência da gestão municipal, as obras foram concluídas em apenas 60 dias.

Além da construção das novas praças e calçamentos na cidade, a prefeitura Quixabense também está ampliando e reformando a escola Municipal São Miguel, no sitio Gatos com mais uma sala de aula e banheiros além da recuperação  de mais de 1.172 metros de Calçamento na Vila das Queimadas.

Resultados da 2ª Rodada Copa Planades

Resultados dos jogos da 2ª – rodada da 14ª – Copa Planades dos Bairros de Futebol de Campo troféu Zé Nazário.
A partidas aconteceram no último domingo no Estádio da Toca do Galo, confira os resultados:
Às 8:15 Sempre Vencedor do Sobreira: 2 x 1: Esporte do São Braz
Às 9:45 – Juventude da Ponte: 4 x 0: Flamengo da Ponte.  Um bom público prestigiou as partidas.
Próximos jogos pela 3ª – rodada: próximo Domingo: 01.10.2016 – às 8:15 – Estrela Verde do São Cristóvão x Ponte Preta da Ponte e

as 9:45 – São Sebastião x Nova Esperança da Vila Bom Jesus.

Gás de cozinha fica 6,9% mais caro, anuncia Petrobras

Gás de cozinha

Gás de cozinhaFoto: Leo Motta/ Arquivo Folha de Pernambuco

A Petrobras anunciou nesta segunda (25) um reajuste médio de 6,9% no preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial vendido em botijões de até 13 quilos (GLP P-13). A estatal divulgou que a decisão, tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp), será aplicada “sobre os preços praticados sem incidência de tributos”. O aumento entra em vigor nesta terça-feira (26).

A própria estatal calculou que, se repassado integralmente ao consumidor, o botijão de gás terá aumento médio de em 2,6%, ou cerca de R$1,55 por botijão, “se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos”.

Para o cálculo do aumento, a Petrobras considerou que o mercado de GLP “continuou mostrando-se pressionado por baixos estoques” e que “a proximidade do inverno no hemisfério Norte aumenta a demanda pelo produto”. O reajuste anunciado repassa a variação de preços do mercado internacional apresentada ao longo de agosto conforme política anunciada pela companhia.

Em agosto, a companhia já havia aumentado o preço do combustível, também em 6,9%. Desde então, o preço de revenda do botijão teve alta de 3,4%.

Leia também:
Ex-gerente da Petrobras é condenado a 15 anos de prisão

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão no país foi R$ 60,14 na semana passada. Em junho, a Petrobras anunciou uma nova política de preços para o o gás vendido em botijões, que tem o nome técnico de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).

A política prevê reajustes mensais de acordo com a variação das cotações internacionais e do câmbio. Desde junho, o preço subiu três vezes e caiu uma. A estatal pratica outra política para o GLP envasado em vasilhames maiores do que os de 13 quilos, mais usados por comércio e indústrias.

Por recomendação feita em 2005 pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), o produto voltado ao consumidor residencial deve ser mais barato. Em agosto, o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, disse que a agência estuda propor o fim da diferença de preços, liberando a estatal para praticar o mesmo valor, independente do tipo de vasilhame. A proposta deve fazer parte de uma revisão na regulamentação das vendas de GLP no país.

Histórico de Notícias

setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

 

Af. da Ingazeira-PE

Barragem de Brotas