Afogados: blocos que não desceram por trio quebrado anunciam ressaca sábado

Bloco O Bicho. Foto: Cláudio Gomes

 

O Bicho e Mela Mela não tiveram movimentação por quebra do Trio Naja

Os blocos O Bicho e Mela Mela, que tiveram suas participações nesta segunda de carnaval canceladas total ou parcialmente por conta da quebra da bomba d’água do trio elétrico Naja anunciaram há pouco ao programa Manhã Total, da Rádio Pajeú que descerão no sábado pós carnaval.

Havia uma possibilidade de que a descida ocorresse  na quarta de cinzas, mas em respeito à abertura da Quaresma, dia importante para os cristão católicos, houve a decisão de sair no sábado, das 20h às 23h. Os custos adicionais serão assumidos pelo dono do Trio. A banda Natiblue será a grande atração.

A pane no gerador do Trio Elétrico Naja aconteceu após à apresentação do DJ Pedro Beckman. A Banda Vizzu, que já estava preparada para apresentação, não pôde se apresentar. Por consequência, O Bicho também não desceu.

Penúltima noite de Carnaval em Petrolina é marcada por mistura de ritmos e animação dos foliões

A penúltima noite do Carnaval em Petrolina – nesta segunda-feira (24) – foi marcada pela alegria e muita energia dos foliões, que lotaram todos os polos da folia. Na Orla, a festa começou com o som de Fabiana Santiago, que relembrou grandes sucessos de outros carnavais. Logo depois foi a vez do cantor André Rio, que também agitou as pessoas que se encontravam no circuito com ritmos pernambucanos e nordestinos, e ainda fez um dueto com Fabiana Santiago, que estava com um traje fazendo reverência a Eribaldo Bezerra, homenageado do Carnaval de Petrolina.

Por volta das 23h, a banda baiana Cheiro de Amor subiu ao palco. A vocalista Vina Calmon colocou todo mundo para dançar ao som do axé e falou sobre sua trajetória na música. Natural de Santa Maria da Boa Vista (PE), a cantora disse que viveu sua infância em Sobradinho (BA) e revelou seu amor pelo Vale do São Francisco. A terceira noite do Carnaval de Petrolina foi encerrada com a batida eletrônica do DJ Aquiles.

A festa que nesta edição tem como tema “Seja sua fantasia”, transcorreu em clima de tranquilidade, alegria e segurança. O estudante Eduardo Santana, de 25 anos, aprovou a mistura de ritmos. “Essa época do ano é maravilhosa. Estou curtindo o Carnaval pelo terceiro dia seguido e não quero parar. Acho sensacional essa mistura musical, pois agrada todo mundo. Petrolina é amor, é diversidade”, comenta.

Já Fernanda Andrade, de 32 anos, é de Casa Nova (BA) e veio com as amigas para curtir a folia na capital do Sertão. “A festa está muito tranquila e organizada. Carnaval é celebração e alegria, por isso vim com minhas amigas e estamos adorando. A alegria do petrolinense é contagiante”, destaca.

Encerramento

Nesta terça-feira (25), o Carnaval de Petrolina será encerrado com diversas atrações. Na Orla, quem se apresenta é Babi Castro, banda Voa Voa e Devinho. Na 21 de Setembro, a festa será animada por Mauro Lima, Novo Eskema e Orquestra Fernando Jr. Já no polo Multicultural, tem a banda Dubaia, e Antony Sandy. Os blocos Num sei Pra quê e A Rebarba encerram a programação festiva.

‘É uma gripe, vamos passar por ela’, diz ministro da Saúde sobre caso suspeito de coronavírus em SP

Em conversa com o blog, o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta evitou qualquer tom alarmista diante do primeiro caso de teste positivo do novo coronavírus no Brasil. O caso é de um homem de 61 anos, que mora na capital paulista e que voltou da Itália recentemente.

“Nós vamos nos preparar da melhor maneira. Mas é preciso ter calma. É uma gripe, vamos passar por ela e colocar todas as fichas na ciência”, disse o ministro da Saúde. “E não podemos perder a noção de humanidade”.

Segundo Mandetta, o Brasil tem características climáticas diferentes dos países do Hemisfério Norte, onde surgiu o vírus. Por isso, segundo ele, é preciso saber como esse vírus vai se comportar durante o verão de um país tropical.

“Não sabe se por aqui o vírus acelera ou desacelera. Os vírus se comportam de forma diferente no Hemisfério Norte e no Hemisfério Sul. Esse é um vírus que surgiu em baixa temperatura. Pode não ter o mesmo comportamento. Pode ser para melhor ou para pior”, ressaltou o ministro para em seguida completar:

“O Brasil é um país de pessoas mais jovens e está no verão. Esse é um período pouco propício para um vírus respiratório por aqui”.

Ele reconheceu a preocupação da população: “Há a pressão da opinião pública. Tem que ter muita calma. Transmitir calma, para evitar o alarmismo. E vamos atravessar essa gripe. Tentar minimizar o máximo o estresse”, comentou.

Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde fará uma entrevista coletiva para comentar o caso, já diante de um segundo teste. Segundo Mandetta, o Brasil já tem se preparado para vários cenários do coronavírus. E já acertou com o Conselho Federal de Medicina, inclusive, um protocolo para a abertura de leitos em caso de necessidade.

“É um inimigo muito difícil. Por isso, é preciso reforçar higiene, evitar lugares aglomerado e apostar numa vacina. Não tem como impedir a entrada no Brasil. Esse vírus chegou de num avião que veio de Milão. Não tem jeito”, observou.

Ele diz que o Brasil está em contato permanente com outros países da América do Sul para monitorar o vírus e que investiu recursos para a compra de equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde, além de ter laboratórios capacitados para fazer exames para identificar o novo coronavírus.

Cresce a aprovação do governo Jair Bolsonaro, revela pesquisa

Foto: Isac Nóbrega/PR

 

Pesquisa divulgada pela Revista Veja revela que a avaliação do governo Jair Bolsonaro aumentou no mês de fevereiro em relação a dezembro de 2019, segundo levantamento do instituto FSB.

Segundo o levantamento, 36% dos entrevistados avaliam o governo como ótimo ou bom. Em dezembro, esse número era de 31%. O aumento de 5% foi acima da margem de erro, que é de 2% para mais ou para menos.

A taxa dos que consideram a gestão de Bolsonaro ruim ou péssima caiu de 35% em dezembro para 31% em fevereiro.
Em relação à forma como o presidente administra o país, também houve aumento da aprovação. Em dezembro, 44% aprovaram o estilo presidencial. Dessa vez, o número foi para 50%.

Para 36% dos entrevistados, Bolsonaro está se saindo muito melhor ou um pouco melhor do que o esperado, enquanto o índice era de 29% há dois meses.

Em relação à expectativa até o final do mandato, 26% acham que o governo Bolsonaro será ruim ou péssimo. Nesse quesito, houve um recuo de 7 pontos percentuais em relação aos que achavam a mesma coisa em dezembro de 2019.

Segundo os entrevistados, as áreas que mais melhoraram foram o combate à corrupção (29%) e a segurança (16%), que estão sob o comando do ministro da Justiça, Sergio Moro, o mais bem avaliado pelos entrevistados (29%).

O segundo colocado é o ministro da Economia, Paulo Guedes, com 6%. Já as áreas que mais pioraram, segundo os entrevistados, foram saúde (44%), educação (26%) e combate ao desemprego (21%).

Galo chega para enfrentar o Afogados FC

Para enfrentar o Afogados FC pela Copa do Brasil amanhã no estádio Vianão, o Atlético Mineiro chega hoje no inicio da noite a cidade de Afogados da Ingazeira.

O Galo deixará Belo Horizonte nesta terça-feira, às 10h, e alça voo fretado, direto para Juazeiro do Norte, no Ceará. Depois, o trajeto é de ônibus até Afogados da Ingazeira.

A depender da avaliação da comissão técnica, o clube irá treinar no estádio Vianão, local da partida na quarta-feira. Após o jogo, a volta para Belo Horizonte passa por ida de ônibus de Afogados para Recife e voo direto da capital pernambucana para BH.

 

Fonte: Blog do Nill Júnior

Patusco, Luan Estilizado e artistas locais abrem Carnaval na Orla de Petrolina neste sábado

A decoração da Prefeitura de Petrolina, que reverencia o cinema mudo, anuncia que já é Carnaval na cidade. E nos quatro polos oficiais (orla, Matingueiros, a tradicional Praça 21 de Setembro e a Areia Branca) toda a estrutura já está sendo finalizada. A festa, que inicia neste sábado (25) contará com uma diversidade de ritmos e valorização dos artistas locais.

No palco orla, que concentra um maior número de pessoas, a festa será animada por Patusco, Luan Estilizado, Alan Cleber e Jonathan Araújo, a partir das 21h30. Já na Praça 21 de Setembro, as famílias vão dançar e brincar ao som de Ana Costa, Orquestra Frevo Tatu e Samba Nova Opção, a partir das 19h30. No polo Matingueiros o primeiro dia será marcado por Eugênio Cruz & os Tamboriadores, MPA e Ryan, com início às 19h

No quesito segurança, tudo já está organizado. Por noite, serão 34 Guardas Municipais, além dos 24 estagiários. A festa também contará com 130 policiais militares que farão rondas diariamente nos quatro polos. Já a Polícia Civil informou que durante os quatro dias de evento serão disponibilizadas 221 pessoas, entre escrivães, agentes e delegados. Além da Delegacia do Ouro Preto, que funciona 24h, a Escola Dom Malan, na Orla, vai servir de base policial. Também vão fazer parte do esquema e dar apoio ao evento 40 seguranças de empresa privada além do efetivo da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) que organizará o fluxo de trânsito.

Mega-Sena pode pagar R$ 190 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até 19h do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. Valor da aposta mínima é de R$ 4,50.

O concurso 2.236 pode pagar um prêmio de R$ 190 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre neste sábado (22) em São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Batalhões seguem ocupados no 5º dia de paralisação dos PMs no Ceará

Batalhões da Polícia Militar seguem ocupados na manhã deste sábado (22) em Fortaleza e cidades do interior do estado, no quinto dia de paralisação de policiais do Ceará. Pelo menos três unidades seguem inoperantes e com PMs amotinados. Um das primeiros a registrar motim, o 18º Batalhão da Polícia Militar, no Bairro Antônio Bezerra, na capital, está rodeado de carros da polícia com pneus esvaziados nesta manhã. Policiais e familiares estão dentro da unidade.

Desde terça-feira (19), homens encapuzados que se identificam como agentes de segurança do Ceará invadiram quarteis e depredaram e esvaziaram pneus de veículos da polícia. Policiais militares reivindicam aumento salarial acima do proposto pelo governador Camilo Santana. A Secretaria da Segurança do estado considera os atos “motim” e vandalismo”. Em meio à paralisação, 51 homicídios foram confirmados no estado até as 23h59 de quinta-feira (20).

O G1 percorreu batalhões de Fortaleza e da região metropolitana neste sábado e constatou que, além do 18º Batalhão, pelo menos outras duas unidades estão inoperantes e com PMs amotinados: o 22º, no Bairro Papicu, e o 12º Batalhão, na cidade de Caucaia. No 12º, há cerca de 30 carros da corporação parados e movimentação de policiais paralisados na rua.

Em Juazeiro do Norte, PMs do 2º Batalhão se concentram no estacionamento do Vapt-Vupt da cidade. Até esta sexta-feira (21), ao menos 10 dos 43 batalhões do estado estavam ocupados pelos manifestantes.

Ocorrências

Entre a noite de sexta-feira (21) e a madrugada de sábado (22), diversas ocorrências policiais foram registradas em Fortaleza, na região metropolitana e no interior do estado. Duas irmãs foram mortas a tiros na cidade de Pacatuba, na Grande Fortaleza. Na capital, uma dupla tentou assaltar um policial à paisana, mas o agente reagiu e os dois suspeitos acabaram morrendo. Também em Fortaleza, no Bairro Planalto Ayrton Senna, um homem foi assassinado a tiros na frente da mãe idosa na noite de sexta.

G1 entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e aguarda posicionamento sobre o número de crimes ocorridos nas últimas 24 horas.

O movimento também tem fechado batalhões – nesta sexta, ao menos 9 dos 43 estão ocupados pelos manifestantes – e atacado carros oficiais, que têm os pneus esvaziados para não poderem ser utilizadas.

A segurança nas ruas do estado foi reforçada com a presença de 2,5 mil soldados do Exército Brasileiro, dentro da Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) decretada pelo presidente Jair Bolsonado para o Ceará, além de 150 agentes da Força Nacional que já estão no Estado para conter a crise na segurança pública após o motim de parte dos policiais militares.

Outros 150 agentes da Força Nacional devem chegar ao Ceará neste fim de semana, segundo o comandante de 10ª região militar, Fernando da Cunha Mattos.

As Forças Armadas atuam, principalmente, no patrulhamento em cidades da Região Metropolitana de Fortaleza desde a manhã desta sexta, e o envio para o interior vai depender da necessidade, segundo o Exército.

Os PMs têm feitos os motins para pressionar por aumento salarial. A proposta do governo é aumentar o salário de um soldado da PM dos atuais R$ 3,2 mil para R$ 4,5 mil, em aumentos progressivos até 2022. O grupo de policiais que realiza as manifestações reivindica que o aumento para R$ 4,5 mil seja implementado já neste ano.

Na noite de quinta-feira (21), houve um encontro entre representantes dos policiais que participam do motim e uma comissão de senadores para por fim à paralisação. Mas, não houve acordo. Um dos pontos discutidos foi a anistia aos integrantes do movimento, mas o governo do Ceará diz esse ponto é inegociável.

A Constituição proíbe greve de agentes de segurança, como policiais militares, policiais civis, bombeiros e agentes penitenciários. Em 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) reiterou o veto. A maioria dos ministros entendeu que, por se tratar de um braço armado do Estado, a polícia não pode fazer paralisação porque isso prejudica e afeta toda a sociedade. A decisão teve repercussão geral, ou seja, vale para todos os casos de greve de polícias que cheguem a qualquer instância da Justiça.

Concertos Carnavalescos: alegria dos idosos da Casa Geriátrica de Petrolina marca última apresentação

 

Idosos da Casa Geriátrica de Petrolina foram os escolhidos para prestigiar a última apresentação da série de Concertos Carnavalescos da Philarmônica 21 de Setembro. Nesta sexta-feira (21), os foliões da melhor idade provaram que não existem limitações quando o assunto é Carnaval. Acompanhados pelos cuidadores ou bailando em cadeiras de rodas, os idosos que residem no local tiveram uma tarde especial ao som da centenária orquestra petrolinense.

A iniciativa da Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria Executiva de Cultura, encantou centenas de pessoas neste mês de fevereiro com apresentações ao público e instituições de atenção à pessoa idosa. Com repertório especial voltado aos festejos de Momo, os músicos da orquestra encantaram os petrolineses com muito frevo e marchinhas de Carnaval. A série de concertos temáticos ressaltou a valorização da cultura do Carnaval de rua pela gestão municipal.

Bolsonaro assina PEC da reforma administrativa

 

O presidente Jair Bolsonaro e a equipe econômica do governo chegaram a um consenso sobre a proposta de emenda à Constituição da reforma administrativa, que altera as carreiras do serviço público federal.

Com o acordo, um texto final assinado nesta sexta-feira (21) pelo presidente e deve ser encaminhado até sexta-feira (28) ao Congresso.

A informação foi confirmada pelo Congresso em Foco com o líder do governo no Congresso Nacional, senador Eduardo Gomes (MDB-TO).

A ideia é que a PEC traga uma série de mudanças que retirem a estabilidade dos futuros servidores públicos, sem atingir os funcionários atuais. Após o envio da proposta serão enviados projetos de lei para fortalecer e dar mais especificidade e segurança jurídica para as alterações da iniciativa principal.

O documento final da PEC não terá a proibição de servidores serem filiados a partidos políticos, como previsto inicialmente pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A iniciativa era um dos pontos de maiores divergências dentro do Congresso.

O avanço acontece após sucessivos adiamentos da entrega desde o final de 2019.  A resistência do presidente Jair Bolsonaro em dar andamento à reforma quase custou a saída do ministro da Economia, Paulo Guedes, do governo, conforme revelou o Congresso em Foco.

Depois de anunciar que seu cargo estava à disposição, Guedes acertou  com Bolsonaro sua permanência no governo. Mas a tensão entre eles continua.

No início de fevereiro, aventou-se até a possibilidade do governo não enviar mais uma PEC própria e, a exemplo do que foi confirmado na reforma tributária, participar apenas com sugestões a um texto correlato na Câmara.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) não demonstrou simpatia pela ideia de disse a aliados que o governo tentou empurrar para o Legislativo um problema que deveria ser, em princípio, do Executivo.

A ideia foi reforçada por líderes do governo que voltaram com a iniciativa de mandar uma PEC própria. Líderes partidários ainda veem com ceticismo a chance da iniciativa ser aprovada em 2020.

CDL e SEBRAE promove curso de Oratória

Comunicar-se bem é indispensável para qualquer carreira profissional. Mesmo para aqueles que trabalham em setores não responsáveis pela comunicação e apresentação da empresa, ter uma boa expressão é uma ótima tática para desempenhar seu papel e obter benefícios para crescer profissionalmente.

Apesar do alto conhecimento técnico, algumas pessoas não conseguem subir de posição na empresa justamente pela dificuldade de dominar a oratória. Se você não acredita na sua capacidade de liderança, quer desenvolver essas qualidades e não sabe como, continue a leitura pois temos uma solução para você.

Mas, antes mesmo de pensarmos na boa expressão como tática para crescimento, podemos pensar no início de uma nova carreira: a entrevista de emprego. Ter essa habilidade é estar um passo à frente dos concorrentes, já que isso transmite confiança, credibilidade e segurança nos seus conhecimentos. Nesse momento, a comunicação está englobando todos os seus aspectos. A fala, a escrita, a atitude e a exposição de valores transmitem quem somos e influenciam os que passam por nós.

O bom orador fala de forma fluida, inteligente e natural. Aplica os conceitos técnicos com linguagem simplificada. Conquista a atenção dos ouvintes com bom humor e simpatia. A elegância da boa comunicação ultrapassa o conteúdo. O próprio orador se torna o conteúdo como um todo, apresentando, argumentando e defendendo as suas posições.

Por isso, a CDL Afogados promoverá um curso de Oratória, de 9 a 13 de março, das 19h às 22h, na sede da CDL. O investimento, de R$ 120,00, pode ser parcelado no Cartão de Crédito.

Serviço :

Período: 09 a 13 de março de 2020
Horário: 19h às 22h
Local: CDL Afogados da Ingazeira
Investimento: R$ 120,00 (parcelamento em cartão)

Baile Municipal de Petrolina garante 21 mil fraldas geriátricas a abrigos de idosos

O Carnaval de Petrolina tem, além da folia, um relevante papel social. Uma das atividades mais impactantes nesse sentido foi a realização do Baile Municipal, que, na edição deste ano, incentivou a solidariedade e o voluntariado. As cerca de 21 mil fraldas geriátricas arrecadadas junto aos foliões na tradicional festa foram entregues, nesta sexta (21), pelo prefeito Miguel Coelho a três instituições de atenção a idosos, a Casa Geriátrica, o Cantinho do Aconchego e a Casa de Vó.
Essa foi a primeira etapa da entrega das doações do Baile Municipal. Na solenidade, o prefeito ainda anunciou que o evento arrecadou R$ 36 mil. Esses recursos serão disponibilizados a projetos sociais vinculados ao programa Transforma Petrolina por meio de uma seleção pública prevista para março.
A coordenadora do Transforma, Lara Secchi Coelho, ressaltou, durante a entrega das doações, a importância de iniciativas como o Baile Municipal para estimular a solidariedade em Petrolina. “A festa foi um sucesso e teve um papel social incrível. Além das doações, o Baile Municipal deu visibilidade a temas como a solidariedade, voluntariado e permite ainda à população conhecer o trabalho dessas entidades sociais, captar voluntários e novas parcerias”, lembrou a coordenadora.
O material arrecadado foi comemorado pelos representantes das instituições sociais beneficiadas pelo Baile Municipal. Segundo Luzineide Menezes, da Casa de Vó, as doações da população são fundamentais para a manutenção do abrigo de idosos. “A gente que está envolvida todos os dias nessa luta sabe como é importante uma ação como essa. Vai ser muito bem usado em nossa instituição. Nós só temos a agradecer a quem foi ao Baile Municipal, à prefeitura e a esse programa que tem ajudado tanto, o Transforma Petrolina”, agradeceu a representante do abrigo de idosos.

Histórico de Notícias

fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

 

Af. da Ingazeira-PE

Barragem de Brotas