11 de agosto de 2020

Federações articulam mobilização pró-Lula nas principais cidades de Pernambuco nesta terça-feira

Uma mobilização articulada pela Fetape (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares), Fetaepe (Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais), juntamente com sindicatos filiados e um conjunto de parceiros pretender colocar nas ruas, nesta terça-feira (23), milhares de pessoas nos quatros cantos do Estado, em apoio ao ex-presidente Lula, que será julgado pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre (RS), na quarta (24). O movimento também está sendo enaltecido como uma “defesa da democracia”.
Os organizadores da mobilização estão fazendo uma simples pergunta: “Cadê a prova contra Lula?”.  Mais de 20 mil pessoas já confirmaram participação nos atos que ocorrerão no Recife, em Garanhuns, Serra Talhada, Petrolina, Afogados da Ingazeira, Ouricuri e Caruaru.
Durante as atividades, que ocorrerão em horários diversos, dezenas de caravanas de mais de 150 municípios levarão suas bandeiras, cartazes e faixas. Haverá, ainda, discursos políticos, panfletagem, apresentações culturais, gritos de guerra e cantos relacionados às grandes questões que estão em pauta: democracia e justiça.  A organização dos atos começou desde o mês de dezembro, quando, durante a reunião do Conselho Deliberativo da FETAPE, mais de 350 lideranças de todo o estado assumiram o compromisso com a mobilização de suas bases para esse momento.
 
Programação no Pajeú:
Em Serra Talhada – Será na Praça Sérgio Magalhães, às 8h. O ato envolve trabalhadores e trabalhadoras de 14 municípios do Polo Sindical do Sertão Central e mais 11 do Submédio São Francisco. Vários parceiros locais também estão nessa articulação.
Em Afogados da Ingazeira – O ato será em frente o Ministério Público, a partir das 8h, envolvendo trabalhadores/as rurais dos 13 municípios do Polo Sindical do Pajeú e trabalhadores/as urbanos articulados por parceiros locais. 
Fonte: Cauê Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *