Conta de água mais cara a partir de maio em Pernambuco

Conta de água

A população pernambucana deverá ficar atenta, a partir de maio, à conta de água e esgoto. É que a Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados no Estado de Pernambuco (Arpe)autorizou, nesta quinta-feira (12), reajuste de 2,78% nos valores cobrados pela a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). As novas tarifas entram em vigor no dia 12 do próximo mês.

De acordo com a Arpe, o percentual representará aumento de R$ 1,12 na tarifa mínima convencional. Os clientes que pagam R$ 40,18 por apresentarem consumo mensal de até 10 mil litros de água (10m3) passarão a pagar R$ 41,30. Já para os clientes de baixa renda, que pagam a tarifa social, haverá aumento de R$ 0,23 na conta, aumentando a fatura de R$ 8,40 para R$ 8,63 por mês.

A decisão foi homologada pela Arpe e publicada no Diário Oficial de Pernambuco desta quinta. O reajuste acontece para fazer a reposição da inflação dos últimos 13 meses. A pedido da Compesa, o processo de revisão tarifária quadrienal foi suspenso devido à necessidade de uma avaliação mais detalhada do Estudo de Gestão de Ativos para adequação ao previsto na Resolução ARPE nº 88/2014. As informações são do jornal Folha de Pernambuco.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *