Sem categoria

Em treino aberto, Tite decide goleiro e ataque da Seleção para teste final antes da Copa América

O público poderá ver no treino aberto deste sábado, às 16h, no Beira-Rio, a solução de três dúvidas na montagem da seleção brasileira que vai enfrentar Honduras no amistoso deste domingo. Do gol ao substituto de Neymar, Tite pensa na melhor formação para a última partida antes da Copa América.

  • Alisson ou Ederson?

O goleiro do Liverpool fez seu primeiro treino com o grupo somente na última sexta-feira, enquanto o do Manchester City se apresentou no dia 22 de maio. Alisson é o titular e deverá retomar a posição depois de Ederson ter atuado contra o Catar. O goleiro foi campeão europeu com o Liverpool há uma semana e, portanto, apesar das comemorações, está bem fisicamente para reassumir seu lugar.

  • Firmino ou Gabriel Jesus?

Companheiro de Alisson no Liverpool, Firmino também chegou há dois dias à Seleção e também é, em tese, titular. Mas esse caso é diferente. O atacante teve o fim de temporada atrapalhado por uma lesão em sua equipe. Recuperou-se em tempo de disputar 60 minutos da final da Champions League, mas a retomada de ritmo ainda é gradual. Por isso, Gabriel Jesus, depois de boa atuação frente ao Catar, com um gol, deve permanecer.

  • Everton ou David Neres?

A disputa mais intensa é pela vaga de Neymar. O gremista está em vantagem inicial, até porque Tite prefere que ele jogue do lado esquerdo e Neres na direita, de onde pode trazer a bola de fora para dentro e finalizar de pé canhoto. Mas a comissão técnica ainda não decidiu qual dos dois começará contra Honduras. Seja qual for a decisão, não será definitiva para a Copa América. A estreia no torneio está marcada para sexta-feira, contra a Bolívia, no Morumbi.

Veja as informações da seleção brasileira para o amistoso contra Honduras:

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Provável escalação: Alisson (Ederson), Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Coutinho; Richarlison, Everton (David Neres) e Gabriel Jesus (Firmino). Técnico: Tite
Reservas: Ederson (Alisson), Cássio, Militão, Thiago Silva, Alex Sandro, Fernandinho, Allan, Paquetá, Willian, David Neres (Everton) e Firmino (Gabriel Jesus)
Desfalques: Fagner (recuperação de estiramento na coxa esquerda)
Arbitragem: Andrés Cunha, auxiliado por Gabriel Popovits e Carlos Barreiro (todos do Uruguai); Árbitros do VAR: Daniel Fedorczuk (Uruguai), auxiliado por Juan Soto (Venezuela) e Roberto Cañete (Paraguai)
Transmissão: TV Globo (narração de Luis Roberto, comentários de Casagrande e Roger Flores, reportagens de Tino Marcos e Eric Faria), SporTV (narração de Gustavo Villani, comentários de Lédio Carmona e Muricy Ramalho, reportagens de Guilherme Pereira e Felipe Brisolla) e GloboEsporte.com
Tempo Real: no GloboEsporte.com, a partir das 14h30

Estão abertas as inscrições para o 11º Festival do Carro de Boi em Flores

O mês junino chegou e em Flores, no Sertão do Pajeú, acontece anualmente o maior Festival do Carro de Boi do Brasil. Na última edição, cerca de 5 mil pessoas estiveram prestigiando o evento que, reuniu 50 (cinquenta) carros de boi – veículo secular com rodas de ferro que ainda hoje é utilizado pelo agricultor no dia a dia de suas atividades no campo.

A edição deste ano, que acontecerá no dia 24, segunda-feira, estimula o uso primitivo do Carro de Boi, mantendo viva uma tradição centenária.

Os carreiros interessados em participar, deverão se dirigir até a Secretaria Municipal de Turismo e Eventos, no prédio da prefeitura, localizado à Rua Dr. Santana Filho, no centro da cidade, nº 1, a partir da próxima segunda-feira (10), das 7h às 12.

Este ano, a Prefeitura de Flores premiará os 10 (dez) primeiros colocados. No total de, R$ 9 mil.

A Secretária de Turismo e Eventos, Lucila Santana lembra que, “o carreiro que não pontuar, será gratificado em R$ 100,00 pela participação”.

O festival que reúne dezenas de carros de boi de todo o município de Flores. Os carros desfilarão pelas principais ruas do centro do município, onde serão avaliados por uma comissão julgadora. Para escolher os vencedores a comissão avaliará itens como: originalidade e tema. O regulamento será entregue ao carreiro no ato da inscrição.

Matheus e Kauan, Calcinha Preta e Alceu Valença são destaques da XV Expoagro

Na manhã deste Sábado (08), o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, anunciou em coletiva a programação da XV Expoagro e festa de 110 anos da cidade.
Patriota pediu a compreensão de todos sobre as dificuldades para fechar toda a programação. Agradeceu o apoio do governador do Estado, Paulo Câmara, que é aguardado para o evento. E destacou ainda uma economia de R$ 100 mil em relação ao ano anterior.

Haverá uma atração Gospel, para a comunidade evangélica. “Até quarta ou quinta-feira, haverá um consenso”, garante. Um reunião com a comunidade gospel das igrejas evangélicas trará a definição.

Ainda haverá a divulgação da programação de inaugurações.

Segue as programações musicais completa:

Dia 29 – Sábado
– Artistas da terra
– Irah Caldeira
– Noda de Caju

Dia 30 – Domingo
– Maciel Melo
– Alceu Valencia
– Forró do Muído

Dia 01 – Segunda
– Artistas da terra
– Matheus e Kauan
– Calcinha Preta

 

Sertão recebe palestra sobre direito e liberdade de imprensa

Com o apoio da Asserpe, o Instituto Ação oferece, gratuitamente no Auditório da FASP, a Faculdade do Sertão do Pajeú palestra com o tema “Liberdade de imprensa e crimes contra a honra”.

O evento é voltado para emissoras de rádio com produção de conteúdo, profissionais da imprensa, blogueiros, advogados e estudantes de Direito e outros interessados.

O debate será coordenado pelos advogados Jonas Cassino, mestre e doutorando em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco e e Tassiana Bezerra, mestra em Direito, também pela Universidade Federal de Pernambuco, membro do Instituto de Pesquisa em Direito e Tecnologia do Recife.

Local: FASP – Rua Osvaldo Gouveia s/n, Afogados da Ingazeira-PE
Data: 08/06/2019, das 9h às 12h
Inscrições gratuitas via e-mail ou WhatsApp: contato.institutoacao@gmail.com / 87 99669.7797.

Flores vivencia Dia Mundial do Meio Ambiente com ações em Praça Pública

O Dia Mundial do Meio Ambiente em Flores foi marcado por uma caminhada, homenagem a Roldão de Siqueira Fontes e plantio de muda do Pau-Brasil.

Centenas de alunos da rede municipal e estadual de ensino caminharam pelas principais ruas da cidade e divididos em alas, apresentaram cartazes, faixas que exibiam mensagem sobre poluição e a importância da preservação do meio ambiente.

Em frente ao Palácio Municipal, conteúdos que foram trabalhados em sala de aula foram exibidos pelos alunos e temas como: formas de economizar água e energias que não poluem e como reciclar lixo foram explanados para o público presente.

No ato promovido pela Secretaria de Meio Ambiente, o saudoso educador e ambientalista brasileiro, Roldão de Siqueira Fontes foi homenageado por alunos da Escola Estadual Pedro Santos Estima.

Roldão foi um grande defensor da recuperação do pau-brasil, uma leguminosa nativa da Mata Atlântica e árvore símbolo do Brasil. Criou o Movimento em Defesa do Pau-brasil, em 1970.

Autoridades do executivo e legislativo prestigiaram o evento e Marconi Santana, prefeito do município, além de registrar agradecimentos, destacou a importância da participação dos jovens no processo de conscientização em defesa do meio ambiente.

“De maneira muito especial quero agradecer a aluna do Pedro Santos Estima, Carolina que nos presenteou com uma árvore de Pau-Brasil para que fosse possível fazer o plantio hoje aqui em Praça Dr. Santana Filho e prestar esta justa homenagem a Roldão de Siqueira Fontes – filho saudoso de nossa terra, que em vida foi um grande defensor do Pau Brasil”, destacou completando:

“Nosso desejo é que os jovens e as crianças comecem a defender essa bandeira, que é uma atual, bem atual. Pois sem o meio ambiente nós não vamos a lugar nenhum; nós não vamos crescer”, acrescentou.

TCE dá prazo até final de julho para Farmácia do Estado regularizar estoque de medicamentos

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) expediu um “alerta de responsabilização” para o secretário estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo, para que a Farmácia do Estado regularize, até o dia 31 de julho, o estoque de medicamentos na Farmácia do Estado “no nível mínimo de 80% de abastecimento”. A determinação do TCE foi expedida após pedido do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO).

Matérias na imprensa, desde abril, revelaram o desabastecimento da Farmácia do Estado. Conforme levantamento divulgado em 12/04/2019, dos 231 tipos de medicamentos que deveriam ser fornecidos, 139 estavam indisponíveis – uma taxa de desabastecimento de 60%.

Segundo o procurador Cristiano Pimentel, autor do pedido de “alerta”, a “causa do desabastecimento recorrente de medicamentos na Farmácia do Estado é a drástica redução de recursos disponíveis para fazer os pagamentos aos fornecedores”.

O MPCO apresentou dados da execução orçamentário-financeira do Governo do Estado, apontando que sobre “os recursos estaduais, empenhados e liquidados, houve uma queda de R$ 74 milhões em 2017 para R$ 46 milhões em 2018, uma redução de 37,85%”. O órgão aponta que houve uma “drástica” queda nos pagamentos aos fornecedores, o que ocasionou o acúmulo de dívidas com os laboratórios e também uma expressiva quantidade de medicamentos entregues e não pagos pelo Estado.

“Sobre os pagamentos efetivamente realizados com recursos estaduais, vê-se que 2018 foi o menor ano de todos os analisados: 2015 – R$ 38,9 milhões; 2016 – R$ 40,6 milhões; 2017 – R$ 50,1 milhões; 2018 – R$ 36,0 milhões. A despesa executada, com empenho e liquidação, caiu de R$ 97 milhões em 2017 para R$ 59 milhões em 2018, uma queda da 38,95%”, aponta o parecer técnico do MPCO, apresentado ao TCE.

Para o procurador Cristiano Pimentel, diante da falta de pagamentos aos fornecedores, seria “justa” a recusa dos laboratórios em continuar entregando os medicamentos.

“O passivo com fornecedores é muito expressivo – R$ 82 milhões – se comparado com as despesas efetivamente pagas, em 2018, de apenas R$ 36 milhões de reais. Ou seja, no relatório, o Estado deve mais que o dobro do que efetivamente pagou em 2018. Portanto, a causa do desabastecimento é a falta de recursos para pagar os fornecedores de medicamentos, levando o Estado a acumular um altíssimo passivo financeiro (de medicamentos entregues e não pagos), ocasionando também a justa recusa destes mesmos fornecedores em continuar entregando medicamentos”, avalia o procurador Cristiano Pimentel.

Segundo o parecer técnico, o “recebimento de medicamentos, sem o efetivo pagamento, foi se acumulando, levando os laboratórios a não mais terem confiança em entregar os medicamentos ao Estado”.

Auditoria em 2018

Um dos motivos para a expedição do alerta, apontados pelo relator Carlos Porto, foi que o TCE já tinha determinado, em outubro de 2018, a regularização dos estoques na Farmácia do Estado. Segundo o parecer técnico do MPCO, a determinação constante em acórdão foi “descumprida” pela Secretaria Estadual de Saúde. Em 2018, o desabastecimento estava em 40%, o percentual subiu para 60%, em abril de 2019.

Em 2018, o TCE também determinou a elaboração de um “plano de ação” para regularizar o desabastecimento. Em janeiro de 2019, a Secretaria de Saúde chegou a apresentar o “plano” com apenas duas páginas, dizendo que o “plano” tinha sido “inteiramente cumprido”.

A falta de efetividade do “plano” gerou críticas dos técnicos do TCE.

“A própria Secretaria se atribuiu o cumprimento integral do plano de ação, marcando todas as tarefas como ação concluída. Esta atitude de dar por cumprido o Plano de Ação, determinado pelo Tribunal de Contas para acabar com a falta de medicamentos, mesmo com a evidente permanência da falta, a juízo deste subscritor, viola até mesmo o princípio da boa-fé”, criticou o procurador Cristiano Pimentel, em parecer enviado ao conselheiro Carlos Porto.

Prazo

Como o TCE já tinha determinado a regularização do estoque desde 2018, orientação que foi descumprida segundo o MPCO, o relator Carlos Porto resolveu fixar um prazo, até 31 de julho deste ano, para a regularização do desabastecimento.

O relator, em sua decisão, disse que, caso a determinação seja novamente descumprida, será aberto um processo “para apurar a responsabilidade pessoal dos gestores da Secretaria Estadual de Saúde que deram causa ao desabastecimento”.

No parecer, o MPCO defende que, caso não seja regularizada a situação, os gestores sejam representados por improbidade administrativa.

A Secretaria de Saúde de Pernambuco foi notificada do “alerta” nesta quarta-feira (5). A pasta terá o prazo de dez dias para apresentar explicações adicionais.

Lula, Palocci e Paulo Bernardo viram réus na Justiça Federal do DF

Os três são acusados de terem praticado corrupção passiva por aceitar, segundo o Ministério Público, R$ 64 milhões da Odebrecht em 2010

Folha PE

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e os ex-ministros petistas Antônio Palocci Filho e Paulo Bernardo viraram réus em uma ação em que são acusados de terem recebido propina da Odebrecht.

A denúncia feita pelo Ministério Público Federal foi aceita nesta quarta-feira (5) pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal.

Os três são acusados de terem praticado corrupção passiva por aceitar, segundo o Ministério Público, R$ 64 milhões da Odebrecht em 2010.

O dinheiro seria uma contrapartida ao aumento da linha de crédito para financiamento da exportação de bens e serviços Brasil e Angola, cuja autorização teria sido à época de R$ 1 bilhão.

A denúncia aceita também inclui o empresário Marcelo Odebrecht por suposta prática de corrupção e os executivos Ernesto os executivos Ernesto Sá Vieira Baiardi e Luiz Antônio Mameri, ex-diretores da construtora.

A defesa de Palocci disse que o ex-ministro “irá colaborar com a Justiça para o amplo esclarecimento dos fatos que são objeto da denúncia”. A reportagem também entrou em contato com as defesas dos demais réus e aguarda resposta.

Esta é a décima vez em que Lula se torna réu na Justiça Federal –há processos no DF, São Paulo e Paraná. Em um deles, em Brasília, ele já foi absolvido. O ex-presidente está preso desde abril de 2018 devido a condenação no caso do tríplex de Guarujá (SP).

A denúncia inicialmente havia sido apresentada em abril de 2018 pela Procuradoria-Geral da República e incluía a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, hoje deputada federal e que tem foro especial. O caso, porém, foi cindido e tramita sob sigilo no Supremo Tribunal Federal.

Confira quanto o governo prevê que cada estado economizará com a reforma da Previdência

Ministério da Economia estima que SP, MG e RJ são os que mais economizarão se servidores estaduais ficarem na reforma. No total dos estados, estimativa é de economia de R$ 350 bi.

A proposta do governo para a reforma da Previdência prevê economia de R$ 350 bilhões em dez anos para os estados – segundo estimativas do Ministério da Economia – se os servidores estaduais não forem excluídos das regras de aposentadoria previstas no texto.

Desse total, R$ 299 bilhões correspondem ao que os estados deixariam de gastar no período com pagamentos de aposentadorias, pensões e demais benefícios dos servidores estaduais, e outros R$ 51,64 bilhões com policiais militares e bombeiros.

Os cálculos da área econômica do governo estimam que o estado de São Paulo seria o que mais economizaria recursos, deixando de gastar R$ 59 bilhões em dez anos.

Estados que já passam por dificuldades, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, também teriam seus gastos reduzidos em, respectivamente, R$ 32 bilhões, R$ 16,2 bilhões e R$ 36,84 bilhões.

Apple melhora realidade aumentada, mas novidades só estarão disponíveis nos aparelhos mais recentes

Novidades requerem grande processamento de inteligência artificial e por isso estarão presentes apenas nos smartphones e tablets com processadores de última geração.

A Apple anunciou, durante o evento para desenvolvedores WWDC, a nova versão das aplicações em realidade aumentada (AR), chamado de ARKit 3. No ano passado, a empresa trouxe a possibilidade de reconhecimento de superfícies e agora introduz sensores de movimentos, a capacidade de diferenciar pessoas na cena e sessões colaborativas para mais participantes numa mesma cena.

Para apresentar algumas dessas novas funcionalidades a empresa trouxe o jogo Swift Strike, uma espécie de boliche gigante, em que dois jogadores devem utilizar tablets para empurrar uma bola e derrubar os pinos do adversário.

Os principais conceitos da novidade estão lá: reconhecimento de uma pessoa na cena, captura de movimento de um usuário e até diferenciação do material dos produtos criados na realidade aumentada. Agora, a ferramenta faz melhor detecção da física de um objeto e consegue reagir a mudanças no ambiente: mudanças de

Esses conceitos estão em linha com o que a Apple apregoa em termos de realidade aumentada e futuro da tecnologia. O presidente da empresa, Tim Cook, já afirmou em entrevistas que esse é o tipo de tecnologia que permitirá integrar ainda mais aparelhos e devices à vida das pessoas.

Mas essas novas funções, que demandam mais inteligência dos processadores, poderão ser utilizadas apenas nos aparelhos que contêm mais inteligência embutida: os que contêm o chip A12 Bionic. Assim, o ARKit 3 está disponível apenas para a geração de iPhones lançados em 2018 e para os iPad Pro de 2ª e 3ª geração, além de iPads Mini e Air lançados em 2019.

A Apple acredita que essas funcionalidades podem ser utilizadas além de jogos, em funcionalidades de comércio ou de aprendizado: em lojas de móveis, que permitirão ao usuário baixar o aplicativo e testar a colocação de um móvel em específico num ambiente, por exemplo.

Entre as novidades do ARKit estão também facilidade de integração com aplicativos, eliminando a necessidade que seja criado um app exclusivo para a realidade aumentada.

A empresa também tornou mais fácil a execução de um projeto nessa tecnologia: que agora conta com uma interface chamada de “Reality Composer”, que pode ser utilizada por desenvolvedores sem grandes conhecimento de AR para criar ferramentas com essa tecnologia.

Bolsonaro sanciona lei que permite internação involuntária de dependentes químicos

Texto determina que internação depende de aval de médico e terá prazo máximo de 90 dias. Lei também fortalece comunidades terapêuticas, mas determina que internações nessas instituições devem ser voluntárias.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei aprovada pelo Congresso que autoriza a internação involuntária (sem consentimento) de dependentes químicos sem a necessidade de autorização judicial. A medida ainda gera divergências entre profissionais responsáveis pelo tratamento. O texto foi publicado nesta quinta-feira (5) no Diário Oficial da União.

Além de endurecer a política nacional antidrogas, a lei fortalece as comunidades terapêuticas, instituições normalmente ligadas a organizações religiosas.

A nova lei estabelece que:

  • a internação involuntária só poderá ser feita em unidades de saúde e hospitais gerais
  • a internação voluntária dependerá do aval de um médico responsável e terá prazo máximo de 90 dias, tempo considerado necessário à desintoxicação
  • A solicitação para que o dependente seja internado poderá ser feita pela família ou pelo responsável legal; não havendo nenhum dos dois, o pedido pode ser feito por um servidor da área da saúde, assistência social ou de órgãos integrantes do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad), exceto da segurança pública

Proposto pelo deputado Osmar Terra (MDB-RS), atual ministro da Cidadania, o projeto foi aprovado pela Câmara em 2013 e encaminhado naquele ano ao Senado, onde só foi aprovado em 15 de maio.

Afogados: ginásio desportivo vai ganhar novo piso e moderna iluminação em led

O piso da quadra principal do ginásio desportivo de Afogados da Ingazeira encontra-se em estado precário. Cheio de remendos e reparos pontuais, o piso ainda é o original da inauguração do espaço, e motivo de bastante reclamação por parte dos desportistas, de diversas modalidades, que utilizam a quadra.

Para modernizar a quadra, dando-lhe segurança e condições propícias à prática esportiva, a Prefeitura vai iniciar a troca completa do piso antigo por um novo e moderno piso. O anúncio foi feito pelo Vice-Prefeito Alessandro Palmeira, na abertura do 44ª edição dos jogos escolares de Pernambuco, ocorrida no ginásio desportivo, na noite de ontem (05).

“Essa era uma reclamação antiga dos nossos desportistas. Esse piso que está aí ainda é o da época da inauguração e está em estado tão precário que não cabe mais reparos pontuais, a solução é trocar por completo. Além disso, vamos investir também na instalação de uma nova e moderna iluminação em LED para o nosso ginásio, garantindo mais luminosidade e economia na conta de luz. Tudo isso para garantir a nossa população um espaço mais confortável e seguro para a prática esportiva,” destacou o Vice-Prefeito de Afogados Alessandro Palmeira.

As obras devem ter início já na próxima semana. A Prefeitura vai investir, com recursos próprios, 170 mil Reais na instalação do novo piso e da iluminação em LED.

Vantagens – É um Piso modular em polipropileno com retorno de bola 100% se comparado ao concreto. Garante a proteção da integridade física dos atletas devido à sua excelente absorção ao impacto, minimizando os riscos de lesão nas articulações e coluna. Possui resistência a altas temperaturas, sem custos de manutenção (apenas sabão e água para limpeza). É 100% permeável, com amortecimento de alto impacto de mínimo 20% com relação ao concreto. O piso vem com garantia de fábrica de dez anos e vida útil estimada em 20 anos.

 

Fonte: ASCOM

Infraero pode assumir Aeroporto de Serra Talhada

Sebastião Oliveira e Felipe Carreras terão reuniões nesta quarta para tentar acelerar o início das operações Serra-Recife

Exclusivo

O Deputado Federal Sebastião Oliveira confirmou ao blog que um dos objetivos da reunião desta quarta com a Presidente da Infraero, Martha Sellier, é discutir a possibilidade de que  a própria estatal gerencie as operações no Aeroporto Santa Magalhães, em Serra Talhada.

“Se a Infraero assumir acabou o problema. Até as dificuldades de licitação com a SAC, Secretaria de Aviação Civil,  acabam. A Infraero assume e rompe a burocracia sem necessitar de licitação”, disse.

O Deputado Felipe Carreras, também interessado na discussão, participará dos debates. Uma outra reunião discutirá com o Presidente Executivo da Azul, José Mário Capriolli o início das operações.

Sebastião Oliveira disse hoje ao jornalista Magno Martins que não garantiu o início dos voos Serra-Recife. “Eu disse que após a homologação da Estação Meteorológica pelo DECEA, Departamento de Controle do espaço Aéreo, o Aeroporto estava apto a receber não voos diários, mas de forma precursora dois voos semanais, contanto que tivéssemos um operador”, disse.

O secretário informou que teve uma reunião preparatória esta tarde com Solimar José, Assessor Especial da Infraero, Paulo Hugo Andrade, Assessor Parlamentar da Infraero e técnicos da estatal, preparatória para novo encontro com a Presidência para discutir possibilidades de que o aeroporto entre em operação. “Nós temos um aeroporto para ser operado”.

Ele voltou a dizer que a solução definitiva é a colocação de uma cerca e faixa de segurança com terraplanagem para voos diários. “Mas para voos duas vezes por semana, foi o Diretor de Investimentos da SAC, Eduardo Bernardi, que disse que se a Azul quiser operar e o governo tiver um operador que pode ser a própria Infraero, pelo que foi feito pelo estado quando fui Secretário na gestão Paulo Câmara e por Mauricio Quintela, pode receber dois voos por semana”.

Carnaval das Caretas 2019