Esporte

Solidão e São José do Egito com prazo de 90 dias para apresentarem soluções para lixões, determina TCE

A Primeira Câmara do TCE julgou nesta quinta-feira (18) Auditoria Especial realizada nas Prefeituras de Solidão e São José do Egito no exercício financeiro de 2018, objetivando analisar possíveis irregularidades no destino final dos resíduos sólidos urbanos dos referidos municípios, de responsabilidade dos prefeitos Djalma Alves de Souza (Solidão) e Evandro Valadares (São José do Egito).

No julgamento, a Primeira Câmara, à unanimidade, determinou que os gestores desses municípios adotem medidas a partir da data de publicação desta decisão, sob pena da aplicação de todas as sanções previstas na Lei Orgânica deste TCE: No prazo de 90 (noventa) dias, elaborar e apresentar, Plano de Ação visando adequação da destinação dos resíduos sólidos urbanos e eliminação da deposição dos resíduos nos assim chamados “lixões”.

Lixão Zero – O TCE, juntamente com o Ministério Público de Pernambuco e o Ministério Público de Contas, deram início em maio deste ano a uma parceria visando à implantação do projeto Lixão Zero, cuja meta é estabelecer um conjunto de ações para acabar com a situação irregular existente em 105 municípios do Estado, em cumprimento da Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos (nº 12.305/2010).

 

Fonte: Blog do Nill Júnior

Com falha bizarra de zagueiro do Flu, Flamengo vence 1º jogo da final do Carioca

Com falha bizarra de zagueiro do Flu, Flamengo vence 1º jogo da final do Carioca

Em um jogo tenso, uma falha bizarra do zagueiro Renato Chaves acabou permitindo que o Flamengo derrotasse o Fluminense por 1 a 0, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na tarde deste domingo, no primeiro duelo da finalíssima do Campeonato Carioca.

Aos 33 do primeiro tempo, Renato Chaves tentou afastar uma bola lançada pelo lateral direito Pará, do Flamengo, para a área, mas ele furou de maneira ridícula. A bola sobrou livre para o atacante Everton. Ele apenas ajeitou e finalizou no canto direito da meta de Cavalieri.

O resultado dá uma vantagem considerável ao Flamengo. Um empate no próximo domingo, no Maracanã, dará ao time rubro-negro o título. No caso de vitória do Fluminense por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis; se triunfar por dois gols será campeão.

O Flamengo foi campeão carioca pela última vez em 2014. O time é recordista de títulos no Estado, com 33 taças. Já o Fluminense não levanta o troféu da competição desde 2012, mas ainda assim tem se mantido como o segundo clube em número de conquistas: 31.

O segundo jogo da final será no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã.

Carnaval das Caretas 2019