Get Adobe Flash player

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), enviou nota sobre o flagrante de transporte irregular e carne publicado no blog na manhã desta sexta-feira (14). Segundo o IPA o caso apesar de não ser aceito pelo órgão é um fato isolado e atípico.

Ainda segundo a nota, diante dos fatos ocorrido, decidiram suspender o Programa de Aquisição de Alimentos no município, até a volta da extensionista Dra. Deorlanda Carvalho, que encontra-se de férias, afirmando que, quando da volta da mesma, será realizada reunião com o executivo municipal para esclarecer os fatos e tomar medidas e decisões em conjunto.

Na nota o IPA diz ainda que apesar de não aceitar de forma alguma o procedimento adotado no transporte do produto, preocupa-se que a denúncia tenha viés político, pelo fato da extensionista ser vereadora na referida cidade. Leia abaixo a nota na íntegra:

Gostaríamos de nos reportarmos a respeito da reportagem publicada em seu conceituado blog sobre Transporte de Carne do PAA na cidade de Ingazeira.

O Programa de Aquisição de Alimentos, é uma importante ferramenta do Governo do Estado em parceria com o Governo Federal, fruto de muito esforço e luta do estado e dos agricultores mobilizados e organizados de PE.

Talvez o programa mais importante que tem como estratégia a aquisição e escoamento de produtos dos que labutam a terra com fins de Distribuição/Doação Simultânea e Imediata, para o mercado institucional (Governo), beneficiando escolas, creches, lar de idosos, hospitais dentre outros.

Na Regional do IPA no Pajeú, o Governo Estadual está investindo R$ 2.800.000.00 nos municípios que abrange o Pajeú, beneficiando diretamente mais de 500 famílias de agricultores familiares. Faço esse relato para entendermos a importância deste programa.

O caso do transporte de carne na Ingazeira é um fato que de forma alguma aceitamos ou concordamos, porém, é um fato isolado e atípico mesmo naquele município. Vale ressaltar que o Transporte da carne ou de qualquer outro produto não é de responsabilidade do escritório local do IPA em qualquer município, inclusive, coibido por nós.

A responsabilidade é da Prefeitura, nosso principal parceiro. O produto carne, ora citado, não foi transportado para o IPA, mas sim, para uns freezers da prefeitura localizado em local vizinho ao IPA.

Ressalto que a extensionista local autorizou a entrega do produto no último dia 07/07 e que no dia 10/07 entrou em férias, portanto, estava afastada por direito de suas atividades.

Diante dos fatos ocorridos, tomamos em conjunto, a providência de Suspender o Programa no município, até a volta da Extensionista Dra. Deorlanda Carvalho, as suas atividades, para realizarmos uma reunião com o executivo Municipal, com fins de esclarecimentos e tomada de outras medidas e decisões conjuntamente.

Apesar de não aceitarmos de forma alguma o procedimento adotado no transporte do produto da forma como ocorreu, fato este como já dito , isolado, preocupa-nos os indícios de utilização desse fato com fins políticos, pelo fato da Extensionista Dra. Deorlanda ser vereadora na cidade.

Nesse processo desgastante os únicos que não podem ser prejudicados são os agricultores e agricultoras da cidade de Ingazeira, assistidos pelo IPA, que participam do Programa, que produzem e vendem produtos de indiscutível qualidade. Sempre prontos para maiores esclarecimentos…

Dêva Pessoa

Diretor Regional do IPA

 

Fonte: Blog do Nill Júnior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *