oo

op

Daily Archives: 18 de maio de 2020

Prefeitura de Afogados disponibiliza plantão psicológico para ajudar em isolamento social

 

A Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira inicia nesta segunda (18), o serviço do plantão psicológico, para auxiliar as pessoas que estão em isolamento social.

O plantão integra as ações do plano municipal de contingência para prevenção e enfrentamento a pandemia de covid-19.

A iniciativa traz uma rede de apoio psicológico, uma proposta de suporte em psicologia focada em atender demandas emocionais dos profissionais de saúde e também das pessoas em situação de isolamento devido à pandemia.

As demandas serão direcionadas aos psicólogos de acordo com disponibilidade de vagas e horários. Os atendimentos serão feitos de forma online, por videoconferência, ou ligações telefônicas.

O serviço vai funcionar de segunda à sexta-feira, das 8 às 16h. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone (87) 99811 7828.

 

Fonte: Nill Júnior

Maior índice de isolamento social do país aconteceu em Pernambuco

 

No último sábado (16), quando entrou em vigor o decreto com medidas mais rígidas de quarentena em cinco municípios de Pernambuco, o Estado registrou o maior índice de isolamento social do Brasil, com 53,8% da sua população em casa. Os dados para chegar ao número foram obtidos através do georreferenciamento feito pela Inloco nas primeiras 24 horas de vigência do decreto no Recife e em Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. O índice médio de isolamento atingiu 60%, um percentual bem superior aos 48% registrados no sábado anterior (9).

Pernambuco atingiu um lugar importante no ranking de isolamento social, ficando acima do Ceará (52,7%), Amapá (52,7%) e Pará (51%), quatro únicos estados brasileiros a superarem os 50% de distanciamento social. Das cidades que adotaram a quarentena no Estado, o destaque é para o Recife, que atingiu 62,1% de isolamento no índice levantado pela InLoco, o maior entre as capitais brasileiras. Olinda registrou 61%; Camaragibe, 59%; e Jaboatão e São Lourenço da Mata atingiram 58% no total de pessoas em casa neste sábado.

“Quero agradecer à população pernambucana que está consciente da importância do isolamento social no enfrentamento da Covid-19. São números animadores que mostram que temos condições de chegar ao índice ideal, que é de 70% da população em casa, para frear a aceleração da doença”, afirmou o governador Paulo Câmara. O gestor, aliás, comandou, na manhã deste domingo (17), reunião por videoconferência com todo o secretariado estadual para avaliar os resultados do primeiro dia da Operação Quarentena.

 

Fonte: Folhape

Covid-19: Brasil atinge 240 mil infectados e 16 mil mortes

Após ultrapassar o número total de casos confirmados da Covid-19 de França e Espanha, o Brasil, neste domingo (17), registrou 7.938 novos casos da doença, chegando a 241.080 pessoas com diagnóstico confirmado. Também foram documentadas 485 novas mortes pela Covid-19 no país, acumulando 16.118 vidas perdidas.

No sábado, o Brasil havia registrado 14.919 novas confirmações de infecção e 816 novas mortes, levando o total oficial a 233.142 casos confirmados e 15.633 mortes desde o início da pandemia no país, em fevereiro. Domingos e segunda-feiras costumam ser marcados por um menor número de casos, pois os registros são mais lentos no final de semana.

O país não tem conseguido manter as taxas de isolamento social que, no começo da pandemia, ajudaram a evitar uma explosão de casos, segundo especialistas. Neste domingo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a participar de um ato com aglomeração em Brasília. Tem sido constante o apoio de Bolsonaro a tais manifestações, ignorando o risco de contaminação das pessoas ali presentes.

“Manifestação pura da democracia. Estou muito honrado com isso. O governo federal tem dado todo o apoio para atender as pessoas que contraíram o vírus e esperamos brevemente ficar livre dessa questão, para o bem de todos nós. O Brasil, tenho certeza, certeza, voltará mais forte”, declarou Bolsonaro.

Na mesma semana em que registrou em apenas sete dias um aumento superior a 50% do total de mortes acumuladas, o país também perdeu o segundo ministro da Saúde em um mês. Nelson Teich pediu demissão na sexta-feira (15) após ser pressionado pelo presidente a ampliar o protocolo de uso da cloroquina, medicamento sem eficácia comprovada no combate à Covid-19 e com riscos

Fonte: Folhape

Carnaval das Caretas 2019