oo

op

Daily Archives: 14 de maio de 2020

Enem 2020: mais de 2,3 milhões de estudantes já se inscreveram

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 registrou, até as 16h dessa quarta-feira (13), 2.382.237 inscritos. A versão impressa do exame contabiliza 2.286.611 inscrições e o Enem Digital 95.626 mil. As inscrições foram abertas na segunda-feira (11) e podem ser feitas na Página do Participante, que pode ser acessada pelo site do Enem. Os estudantes têm até 22 de maio para se inscreverem.
Para quem já tem cadastro no portal de serviços digitais do governo federal, basta entrar com CPF e senha, que é única para o gov.br, e fazer a inscrição. Também é possível se inscrever no exame e somente depois realizar o cadastro no portal gov.br. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) preparou um vídeo com todos os passos para fazer a inscrição, disponível no canal do instituto no YouTube e na Página do Participante.
Isenção da taxa
A gratuidade para todos os participantes que preencham os requisitos descritos no edital, mesmo sem o pedido formal de isenção, está assegurada pelo Inep. Os isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de provas e não justificaram a ausência também têm o benefício garantido.
Para quem não se enquadra nos perfis para a isenção, o valor da taxa de inscrição permaneceu o mesmo do ano passado: R$ 85,00, que deverá ser pago até o dia 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).
A estrutura do Enem permanece com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias. O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro, e a versão digital, em 22 e 29 de novembro.

Serra Talhada decreta obrigatoriedade de máscaras e proibição de estacionamento no centro


A Prefeitura de Serra Talhada publicou, nesta quarta-feira (13), dois novos decretos municipais com o objetivo de reforçar o isolamento social e as medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

O Decreto Nº 3.171 altera o Decreto nº 3.132, de 16 de março de 2020, que declarou situação de emergência em saúde pública, elencando as medidas de contingências adotadas pelo Município e os serviços considerados essenciais, e o Decreto nº 3.157, de 15 de abril de 2020.

São consideradas atividades essenciais: supermercados, padarias, mercados, lojas de conveniência, feiras livres e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar da população, lojas de defensivos e insumos agrícolas, lojas de produtos de higiene e limpeza, postos de gasolina, casas de ração animal, depósitos de gás e demais combustíveis.

Ainda lojas de material de construção e prevenção de incêndio para aquisição de produtos necessários à execução de serviços urgentes, por meio de entrega em domicílio e/ou como ponto de coleta, serviços essenciais à saúde, como médicos, clínicas, hospitais, laboratórios e demais estabelecimentos relacionados à prestação de serviços na área de saúde, serviços de abastecimento de água, gás, saneamento, coleta de lixo, energia, telecomunicações e internet, clínicas e os hospitais veterinários e assistência a animais, lavanderias; bancos e serviços financeiros, inclusive lotéricas.

Por fim serviços de segurança, limpeza, higienização, vigilância e funerários, hotéis e pousadas, com atendimento restrito aos hóspedes, serviços de manutenção predial e prevenção de incêndio, serviços de transporte, armazenamento de mercadorias e centrais de distribuição, para assegurar a regular atividade dos estabelecimentos cujo funcionamento não esteja suspenso; estabelecimentos industriais e logísticos, bem como os serviços de transporte, armazenamento e distribuição de seus insumos, equipamentos e produtos, oficinas de manutenção e conserto de máquinas e equipamentos para indústrias e atividades essenciais, incluindo a comercialização e serviços associados de peças e pneumáticos, serviços de abastecimento de água, gás, saneamento, coleta de lixo, energia, telecomunicações e internet; clínicas e os hospitais veterinários e assistência a animais; e serviços urgentes de advocacia.

Entre as novas determinações, inclui-se, ainda, a obrigatoriedade, a partir de 16 de maio, do uso de máscaras em vias públicas, no interior dos órgãos públicos e nos estabelecimentos privados autorizados a funcionar de forma presencial, e nos veículos públicos e particulares, inclusive ônibus e táxis. O decreto prorroga, ainda, a suspensão do funcionamento dos estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços não essenciais para o dia 31 de maio de 2020.

O Decreto Nº 3.172, que entrará em vigor em 18 de maio de 2020, institui regime transitório de proibição de estacionamento de veículos no Município de Serra Talhada por conta da pandemia decorrente do novo coronavírus (COVID-19), abrangendo a extensão de várias vias e logradouros públicos.

São elas: Rua Coronel Cornélio Soares, nos limites entre as ruas Joca Magalhães e Capitão Hemetério Nogueira, também conhecida como rua Luiz Gonzaga o rei do baião; Rua Enock Ignácio de Oliveira, nos Limites entre as ruas Joca Magalhães e Capitão Hemetério Nogueira, também conhecida como rua Luiz Gonzaga o rei do baião; Travessa Olavo de Andrade, nos Limites entre as ruas Joca Magalhães e Capitão Hemetério Nogueira, também conhecida como rua Luiz Gonzaga o rei do baião; Entorno das praças Sérgio Magalhães e Barão do Pajeú; Rua Monsenhor Afonso Pequeno Lima, nos limites entre as ruas Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy e Treze de Maio; Rua Joaquim Conrado de Lorena e Sá, nos limites entre as ruas Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy e Coronel Cornélio Soares; Rua Agostinho Nunes de Magalhães, nos limites entre as ruas Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy e Travessa José Olavo de Andrade; Rua Padre Romão Ferraz, nos limites entre as ruas Enock Ignácio de Oliveira e Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy; Rua Manoel Pereira da Silva (Rua Comandante Superior), nos limites entre as ruas Coronel Cornélio Soares e Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy; e Travessa Treze de Maio; Rua Joca Magalhães, nos limites entre as ruas Coronel Cornélio Soares e Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy. A proibição de estacionamento entra em vigor a partir da próxima segunda-feira, 18 de maio, nos seguintes dias e horários: às segundas-feiras, das 07h às 18h; de terça-feira a sexta-feira, das 08h às 18h; aos sábados, das 08h às 12h.

Como medida complementar ficam interditados os acessos ao centro da cidade pelas seguintes vias públicas: Rua Manoel Pereira da Silva (Rua Comandante Superior), no cruzamento com Rua Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy; Rua Padre Romão Ferraz, no cruzamento com Rua Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy; Rua Agostinho Nunes de Magalhães, no cruzamento com Rua Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy; Rua Joaquim Conrado de Lorena e Sá, no cruzamento com Rua Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy; e Rua Monsenhor Afonso Pequeno Lima, no cruzamento com a Rua Deputado Afrânio Ribeiro de Godoy.

Ficam excepcionados da proibição de estacionamento os veículos pertencentes a moradores que comprovem ser residentes nas vias públicas abrangidas pelo referido decreto. O procedimento de cadastramento dos veículos que gozarão da isenção da proibição de estacionamento será fixado pela Superintendência de Trânsito e Transportes de Serra Talhada – STTRANS. A restrição prevista no decreto não se aplica, também, aos veículos para carga e descarga de mercadorias e produtos dos estabelecimentos prestadores de serviços essenciais e de transporte de numerários enquanto estiverem realizando a operação.

Brasileiros criam ‘capacete respirador’ para tratar pacientes com Covid-19

A pandemia do novo coronavírus está mostrando ao Brasil, mais uma vez, a importância do investimento em ciência. Diante da preocupante falta de respiradores, um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) trabalha em um equipamento que pode ajudar pacientes com coronavírus que precisam de ventilação mecânica. O “capacete respirador” é uma alternativa mais suave por dispensar o uso do tubo endotraqueal, aqueles que introduzidos na garganta.
Segundo os pesquisadores, o equipamento já está na fase final do desenvolvimento e deve ser concluído ainda em maio.“Trata-se de uma opção menos invasiva, já que em muitos casos pode ser uma alternativa para evitar a necessidade de utilização do tubo endotraqueal introduzido no paciente”, explica o professor Raul Gonzales Lima, coordenador da iniciativa.
Como funciona

Batizado de “Escafandro”, por parecer a roupa usada por mergulhadores, o equipamento consiste basicamente em uma cúpula de acrílico e uma membrana de látex ajustável ao pescoço do paciente.

Para funcionar, dois tubos são ligados ao respirador artificial que faz com que o ar tenha concentração e pressão controlados para melhorar a oxigenação sanguínea. “Outra vantagem do equipamento é que ele impede a contaminação no ambiente de uma UTI, já que o ar é filtrado. Assim, possíveis partículas da Covid-19 não serão dispersadas no ambiente hospitalar, e isso resultará em mais segurança aos que atuam diretamente com esses pacientes”, lembra o pesquisador.
O protótipo do capacete está em sua terceira versão. “A cada protótipo vamos aperfeiçoando e melhorando as funções. Desta vez estamos trabalhando para reduzir a complacência no equipamento, que resulta da movimentação do capacete de acordo com a entrada e saída do ar”. Complacência, ele explica, é o “espaço morto instrumental que acaba armazenando o CO2 que é retirado dos pulmões”. Se isso ocorrer, parte desse CO2 acaba retornando ao órgão, o que é prejudicial ao paciente que utiliza o respirador.
Nas próximas semanas, o equipamento passará pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) e, se aprovado, seguirá para fase de testes clínicos. O equipamento utiliza materiais e infraestrutura de fabricação disponíveis no mercado nacional, o que pode facilitar a produção em larga escala no Brasil. “Há os trâmites junto à Anvisa e comissões de pesquisas, que já estão também em andamento”, conclui Gonzales.
Custo
Os pesquisadores preferem não estimar custos, mas segundo informações já veiculadas na imprensa por representantes das indústrias parceiras, o equipamento poderá custar menos de R$ 400.
Fonte: Diário de Pernambuco

EUA diz que hackers chineses tentam roubar pesquisa sobre vacina para Covid-19

Autoridades americanas emitiram um aviso oficial nesta quarta-feira para alertar os cientistas dos Estados Unidos sobre os esforços da China para tentar roubar pesquisas e propriedades intelectuais relacionadas a tratamentos e vacinas para a Covid-19.

“As tentativas da China nesses setores representam uma ameaça significativa à resposta de nossas nações ao Covid-19”, disseram o FBI e a agência de segurança cibernética dos Estados Unidos em comunicado.

“Os setores de saúde, farmacêutico e de pesquisa que trabalham com respostas ao Covid-19 devem estar cientes de que são os primeiros alvos dessa atividade e tomar as medidas necessárias para proteger seus sistemas”, advertiram.

 

fonte: folhape

Carnaval das Caretas 2019