oo

op

Daily Archives: 9 de maio de 2020

Petrolina inicia terceira fase da vacinação contra gripe na próxima segunda-feira

A Prefeitura de Petrolina inicia na próxima segunda-feira (11) a terceira fase da campanha de vacinação contra a gripe, com ampliação do público-alvo. A partir da próxima semana, poderão se vacinar crianças de seis meses a menores de 6 anos, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias). Idosos, pessoas com doenças crônicas e outros públicos que fazem parte das etapas anteriores e que não se vacinaram, também podem procurar os postos de saúde nessa próxima fase da campanha.

O Ministério da Saúde atualizou o cronograma da vacinação. Essa terceira e última fase ocorreria inicialmente entre 9 e 22 de maio, mas agora será de 11 de maio a 5 de junho, dividida em duas etapas, com cancelamento do Dia D de mobilização nacional que aconteceria neste sábado (9). No próximo dia 18 de maio começa a vacinação dos demais grupos prioritários – adultos de 55 a 59 anos e professores.

Para a imunização é necessário levar o cartão de vacina (se tiver) e também o cartão do SUS. Os postos de saúde atendem das 7h às 17h na zona urbana e das 7h às 13h na zona rural. É importante destacar que a vacina contra a gripe não protege contra o coronavírus, mas é aliada porque ajuda no diagnóstico, descartando casos de gripes e chamando a atenção dos profissionais de saúde para investigar infecção pelo coronavírus.

FIFA autoriza cinco substituições por partida

A FIFA autorizou nesta sexta-feira (8) a mudança de três para cinco substituições por equipe a cada partida de competições iniciadas ou que ainda vão começar este ano.

A luz verde partiu da International Board (IFAB), entidade ligada à entidade máxima do futebol que garante as regras do jogo, e visa minimizar os impactos na preparação física dos jogadores no retorno do esporte após a paralisação provocada pela pandemia da covid-19.

De acordo com esta emenda provisória ao ponto 3 das Regras do Jogo, a adoção ou não das cinco substituições cabe aos organizadores dos torneios oficiais.

A Internacional Board e a FIFA especificaram que determinarão “mais tarde” se essa opção poderá ser estendida até o final de 2021 e, portanto, se será aplicada durante a Eurocopa ou a Copa América, adiada de 2020 para 2021. Além disso, uma sexta substituição será possível durante possíveis prorrogações, quando os jogos durarem 120 minutos.

Essa mudança para cinco substituições deve entrar em vigor imediatamente na Alemanha, onde a Bundesliga será retomada a portas fechadas a partir de sábado, 16 de maio, afirmou na quinta-feira a Liga Alemã de Futebol (DFL).

Em seu comunicado, a Fifa e a IFAB também divulgaram que os organizadores podem ou não usar a arbitragem de vídeo (VAR) na retomada das competições.

Coronavírus: UTIs de hospitais privados de Pernambuco têm 95% de taxa de ocupação

Em coletiva de imprensa online, realizada na tarde desta sexta-feira (8), o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, anunciou que 95% dos leitos de UTI dos hospitais privados de Pernambuco, voltados para pacientes com suspeita e diagnóstico confirmado de covid-19, estão ocupados. No dia 1º de maio, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES) decretou a obrigatoriedade, por parte de hospitais com sede no Estado, das redes pública e privada, a encaminharem à Central de Regulação de Leitos o registro de taxa de ocupação, número de ventiladores e de pacientes internados.

O descumprimento das obrigações estabelecidas na portaria é considerado infração sanitária e pode acarretar em cancelamento de autorização para funcionamento, cancelamento do alvará de licenciamento, além de multa, conforme a Lei nº 6.437, de 20 de agosto de 1977.

Desde o fim de abril, Longo vem informando que algumas unidades hospitalares privadas têm atingido a capacidade máxima nas UTIs de coronavírus. “Elas estão, inclusive, ampliando a capacidade da mesma forma que o Estado está fazendo todos os dias. Isso dá uma ideia de como a situação também se acentua fortemente no sistema privado. Até mesmo as pessoas que têm plano de saúde estão hoje sob risco (de adoecer e ter dificuldade para encontrar um leito de UTI). Em algum momento, todos podem ter que esperar mais do que deveriam para ter acesso a uma vaga mais qualificada de terapia intensiva”, salientou o secretário.

Os dados dos hospitais são encaminhados diariamente em dois horários (às 7h e às 19h), através do sistema regulador, ou pelo número 0800 2813555. Diariamente, a SES informa, em boletins epidemiológicos, a taxa de ocupação dos leitos das unidades de saúde da rede estadual, assim como a Prefeitura do Recife divulga as vagas nos serviços de saúde da cidade.

“Este é um momento de muita pressão sobre os hospitais, sejam públicos, ou privados. Por isso, é de extrema importância o máximo de colaboração e o trabalho coordenado. Temos realizado diversas reuniões com o Sindicato dos Hospitais Privados do Estado de Pernambuco e uma série de contratualizações de leitos nestes serviços. O objetivo desta portaria é a coleta das informações sobre a ocupação dos hospitais de forma célere e qualificada com o objetivo de acompanharmos pari passu o avanço da covid-19”, destaca o secretário André Longo.

Hospitais privados

Em reportagem publicada no dia 1º de maio, esta coluna informou que entrou em contato com a rede privada sobre as vagas para pacientes com covid-19 (ou suspeita). Questionada sobre a quantidade de leitos de UTI para covid-19 ocupados no Hospital Joana Recife, a assessoria de comunicação disse que a unidade não informa sobre a ocupação dos leitos de UTI. “São números que mudam diariamente e, além de leitos em operação, temos leitos que podem ser expandidos a qualquer momento, conforme demanda e integração. Todos os números são reportados para a Secretaria de Saúde”, destacou a nota.

As assessorias de comunicação do Real Hospital Português (RHP), do Hospital Jayme da Fonte e da Rede, da Rede D’Or (Hospitais Esperança Recife, Esperança Olinda, São Marcos e Memorial São José) e da rede Hapvida também foram questionadas sobre a taxa de ocupação dos leitos para covid. O RHP informou que “está repassando todos os dados para a SES e não irá emitir nenhum balanço”.

A assessoria do Jayme da Fonte disse que, em Pernambuco, “todos os casos são de notificação obrigatória à Vigilância Epidemiológica para o devido acompanhamento da pandemia. Diante disso, as informações sobre os casos de covid-19, inclusive nas unidades privadas de saúde, estão concentradas na Secretaria de Saúde do Estado, responsável pelas medidas de combate e controle da doença”.

A assessoria do sistema Hapvida também não informou a ocupação voltada apenas às vagas dedicadas à covid. A reportagem ainda entrou em contato com a assessoria da Rede D’Or, que não deu retorno.

 

Fonte: Folha PE

CEF Afogados não abre hoje em Afogados

A Caixa Econômica federal vai abrir 680 agências neste sábado (09), de 8h às 12h, para atendimento do saque em espécie dos beneficiários do Auxílio Emergencial que recebem pela Poupança Social Digital.

Em nota direcionada ao programa Rádio Vivo, a Gerência da Caixa Econômica Afogados da Ingazeira informa que não funcionará neste sábado, dia 09 de maio para atendimento do Auxílio Emergencial no ambiente interno da agência.

Além da sala de autoatendimento da unidade que estará aberta para uso dos equipamentos, indica as agencias mais próximas que estarão funcionando nas cidades de Serra Talhada, Arcoverde e Patos.

Família de afogadense que morreu com bebê em Recife denuncia negligência

A família de Ellani Wellitânia Assunção de Oliveira,de 33 anos, denuncia negligência do Hospital Barros Lima, no Bairro de Casa Amarela, Recife.

A questão ganhou repercussão estadual no programa Cidade Alerta Pernambuco, na TV Clube.

A família denuncia que mãe e filha foram vítimas de um erro cometido pela unidade de saúde. Segundo o microempresário Jonatan Oliveira, marido de  Ellani, a esposa teve todo o pré-natal feito no Imip. Ela deu entrada na segunda sem intercorrências, mas o parto, que deveria ser uma cesárea, não aconteceu.

“Na troca de turno chegou uma enfermeira que aumentou a dosagem em um aparelho . Ela disse que quem sabia era ela e que seria parto normal”. No dia seguinte ela passou a ter complicações, depois de horas de trabalho de parto. Levada para uma cirurgia às pressas, ela teve três paradas cardíacas e não resistiu.

Outra denúncia é de que também não havia médico na hora do parto. O tempo de espera teria sido determinante. Ellani foi sepultada em Afogados da Ingazeira com o filho recém nascido, em caso de grande comoção. A Secretaria Estadual de saúde reconheceu em nota que ela chegou bem  na unidade.   Veja a reportagem clicando aqui.

 

Fonte: Blog do Nill Júnior

Carnaval das Caretas 2019