oo

op

Monthly Archives: dezembro 2019

Após um ano de governo, Onyx fala em ‘novo Brasil’: ‘Governo fala pouco, trabalha quieto e produz muito’

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou, nesta terça-feira (31), que um “novo Brasil” começou a nascer em 2019. Em entrevista ao Jornal da Manhã, ele fez um balanço do primeiro ano do governo de Jair Bolsonaro e falou sobre a relação com a imprensa, a aprovação da reforma da Previdência e da lei da Liberdade Econômica e sobre trabalho da equipe de ministros.

Para Onyx, os maior feito do ano foi a recuperação da confiança interna e externa para/com o Brasil. “O grande mérito desse ano, de todo o trabalho do presidente Jair Bolsonaro e sua equipe, é a recuperação na confiança interna – basta ver os números do último trimestre do setor de serviços, indústria, agronegócio, comércio – e externa, pelo fantástico interesse que grandes investidores tem no Brasil. Nós, da Casa Civil, que coordenamos o PPI [Programa de Parcerias e Investimentos], por exemplo, realizamos 36 leilões e arrecadamos meio trilhão de reais. É um novo Brasil que está nascendo”, avaliou.

De acordo com ele, a aprovação, principalmente, da lei da Liberdade Econômica, foi o principal fator que contribuiu para essa retomada de confiança e para o sucesso dos primeiros 365 dias de gestão. “O mais importante é a lei da Liberdade Econômica porque muda o posicionamento. Nos Estados Unidos, o cidadão tem razão diante do agente público até que esse agente demonstre o contrário. No Brasil, o cidadão sempre foi súdito – a República veio, mas foi um movimento da elite. O primeiro presidente a colocar o cidadão como centro de tudo é o Bolsonaro. É um marco histórico que as pessoas vão perceber com o tempo”, disse.

O ministro também citou a reforma da Previdência que, segundo ele, “resolveu fiscalmente o Brasil” e deu “previsibilidade” ao país, uma “palavra mágica do mundo dos investimentos”.

Onyx não poupou elogios ao presidente da República. “A eleição de Bolsonaro equilibrou o Brasil, que foi, durante três décadas, torto para a esquerda – começou com Fernando Henrique Cardoso e terminou com a tragédia de Lula e Dilma. O Brasil não tinha direita, e o presidente Bolsonaro levanta a direita no país, reequilibra o jogo político. A democracia está equilibrada: tem direita e esquerda”, afirmou.

STF: 19% aprovam e 39% reprovam, diz Datafolha

 

Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (29) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra que 19% dos brasileiros avalia a atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) como ótima ou boa.

Outros 39% dos consultados avalia a atuação do Supremo como ruim ou péssima.

Para 38% dos ouvidos no levantamento, o trabalho dos 11 ministros que compõem a corte é regular e 4% disseram não saber avaliar.

A pesquisa ouviu 2.948 pessoas nos dias 5 e 6 de dezembro em 176 municípios de todas as regiões do país.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Segundo o Datafolha, o nível de confiança é de 95%.

É a primeira vez que o Datafolha consulta a população sobre a atuação do tribunal na mesma escala com que faz com os demais Poderes. Portanto, não há dados anteriores para avaliar possíveis variações na percepção dos brasileiros sobre o trabalho dos ministros do Supremo.

Prefeitura de Petrolina entrega mais de 160 aparelhos auditivos nesta segunda-feira

A Prefeitura de Petrolina realiza nesta segunda-feira (30), a última entrega de aparelhos auditivos de 2019, beneficiando mais 167 pacientes atendidos no Centro Auditivo da Secretaria de Saúde.

O evento acontece às 10h, na unidade especializada, na Rua Tobias Barreto, Nº 240, área central da cidade, com a presença da secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque.

Buracos na PE 320 ajudaram a causar acidente com morte

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vítima era de Solidão e tinha 44 anos

Fotos: Mais Pajeú

Um acidente de trânsito que teve a participação dos buracos na PE 320 na altura de Carnaúba dos Santos acabou com uma morte neste domingo. O condutor do Corolla placas PFC- 3890 era Raphael Feitosa Leal, de 29 anos, morador do Bairro São Francisco, Afogados da Ingazeira. Ele seguia no sentido Afogados da Ingazeira a Tabira.

O carro guiado por Raphael ultrapassava a Saveiro, placa OFC-5548- PB,  preta,  conduzida por José Ramos de Lima, conhecido por Piston do Bar, residente no sítio Fabrício em Solidão. Ele tinha 44 anos. Quando o ultrapassava o veículo, o condutor tentou se livrar de um dos tantos buracos na via. Acabou batendo na traseira do seu veículo.

A Saveiro veio a capotar, caindo na ribanceira, no sentido contrário da mão em que seguia. José Ramos ficou preso embaixo do veículo. Foi socorrido pelo condutor do Corola,  desemborcando o veículo que estava sobre ele, ajudando também os bombeiros durante o socorro. Raphael não estava sob efeito de álcool.

O policiamento ficou no local controlando o trânsito, resguardando a área até a chegado do Instituto de Criminalística e da remoção dos veículos. As vítimas que se encontravam na saveiro foram socorridas ao Hospital Regional Emília Câmara com escoriações de natureza aparentemente de lesão leve. Já José Ramos veio a óbito quando chegou ao hospital.

Witzel diz que acusações de Bolsonaro são ‘levianas e absurdas’

G1

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), classificou como levianas e absurdas as afirmações do presidente Jair Bolsonaro de que ele teria interferido nas investigações do Ministério Público sobre o esquema de “Rachadinha na Alerj” na época em que Flávio Bolsonaro era deputado estadual e no caso da morte da vereadora Marielle Franco.

“É bom lembrar que quando o porteiro lá falou qualquer coisa eu nem era candidato a governador. Então, achei um completo absurdo, eu acho que o momento aí de desequilíbrio emocional tá falando esse tipo de coisa. Mas uma hora vai cair a ficha e vai ver que isso não é exatamente a realidade e vai ver que essas afirmações são completamente absurdas e levianas”, afirmou Witzel durante entrevista exclusiva ao Bom Dia Rio nesta segunda-feira (30).

Gás de cozinha fica mais caro a partir desta sexta-feira

Gás de cozinha puxa a inflação de setembro em Brasília
Cruzeiro, Brasília, DF, Brasil 13/10/2015 Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Com variação de 19,23% no valor do botijão, o gás de cozinha contribuiu diretamente para o aumento da inflação no Distrito Federal em setembro.

O GLP, conhecido também como gás de botijão, vai ficar mais caro a partir desta sexta-feira (27). A Petrobras está reajustando o preço do combustível em 5% em suas bases, refinarias e pontos de distribuição espalhados em todo o Brasil.

Como é um aumento nas refinarias, o preço para os consumidores terá uma variação diferenciada — dependendo de fatores como concorrência, frete, margem de lucro e outros pontos. Mas especialistas estimam que o aumento promovido deve representar uma alta de 2% a 3% para os consumidores.

A Petrobras não faz mais diferenciação de preço. No passado, o gás industrial e comercial tinham preços mais altos que o residencial — uma espécie de política de compensação e assistência social.

Agora, a política é de paridade de preço internacional. Toda vez que o preço internacional dos derivados de petróleo sobe, a estatal tenta repassar o custo mais alto ao consumidores.

E foi o que aconteceu dessa vez. As fontes da Petrobras disseram à Jovem Pan que o reajuste de 5% reflete a alta demanda do produto no Hemisfério Norte — que está passando por períodos frios. Nessas condições, prevalece a lei da oferta e procura — com demanda maior, o preço sobe.

Em agosto a empresa chegou a promover reduções expressivas no preço do GLP industrial e residencial, quando ainda havia diferenciações. Mas, de lá pra cá, só houve altas.

Triunfo é destaque na ocupação de hotéis em Pernambuco: 92%

Natal e Réveillon mostra hotéis lotados em Pernambuco

O turismo de Pernambuco comemora a chegada dos turistas que buscam curtir as festas de fim de ano no calor do verão nordestino. Dados levantados pelo Setor de Estudos e Pesquisas da Empetur apontam crescimento na ocupação da rede hoteleira do Estado no Natal e para o Réveillon em comparação com o mesmo período de 2018.

Para o feriado de Natal, a taxa média de ocupação foi de de 85%, o que representa cerca de 5% superior ao ano passado em Pernambuco. Neste cenário o destaque foi para o município de Triunfo, no sertão, com uma expectativa de 92% de ocupação de seus hotéis e pousadas. O dado ajuda reforça a posição do município como um dos importantes destinos turísticos da região. Neste Natal, Triunfo promove uma programação especial gratuita, como shows e espetáculos, até 6 de janeiro, sob o mote de Janelas de Triunfo.

“O turismo de Pernambuco encerra 2019 de maneira otimista, com números melhores do que em 2018, e já projetando um início positivo para 2020. Os esforços serão cada vez maiores para fazer o setor ainda mais produtivo para o Estado”, destacou o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

Para a virada do ano, a expectativa de ocupação praticamente se mantém estável, com discreto incremento de 0,4%, em relação ao mesmo período em 2018. O esperado é que a média no Estado atinja a marca de 95% para o Réveillon.

Entre os destinos que se sobressaem para a data, Fernando de Noronha apresenta índice acima dos 98% e permanência média de 6,3 dias. Já a capital pernambucana conta com média de 91%, com média de permanência de 2,3 dias.

Tabirense Socorro Amaral assumirá o comando da GRE do Sertão do Alto Pajeú

A professora tabirense Socorro Amaral

Após vencer quatro etapas na seleção promovida pelo Governo de Pernambuco, a professora tabirense Socorro Amaral conquistou o primeiro lugar e será nomeada gerente da GRE do Sertão do Alto Pajeú.

A publicação acontece ainda este ano e Socorro Amaral assumirá a GRE no dia 2 de janeiro. A informação foi dada em primeira mão pelo radialista Anchieta Santos, no programa Rádio Vivo, da Rádio Pajeú.

A professora figurou na lista tríplice e o governador Paulo Câmara fez a escolha dela e das demais gerentes, adotando o critério da meritocracia.

A diretora atual Míriam Nogueira que respondia pela GRE desde a saída de Cecília Patriota, não quis participar da disputa. Socorro atualmente é Coordenadora Geral das Escolas Integrais e Profissionais”.

“Uma tabirense muito competente, acima de tudo humana e humilde. Esse é o perfil necessário para gerir e formar pessoas. Tenho certeza que a gerência estará em excelentes mãos, dessa forma, continuaremos o nosso trabalho fortalecendo cada vez mais a qualidade educação no Sertão do Pajeú”, disse a atual Gerente.

Serra: Duque promete “maior pacote de investimentos capitalizados da história”

Farol de Notícias

Quem pensa que o governo municipal vai fechar o ano sem novidades está enganado. O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, disse que passou os últimos dias linkado com diversos setores do governo federal, em busca de liberação de verbas para a Capital do Xaxado, e na semana passada, durante um ato público, anunciou que ainda este ano o município terá boas notícias.

“Até o final de dezembro iremos anunciar o maior pacote de investimentos capitalizados na história de Serra Talhada. Eu vou parafrasear o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva: nunca na história de Serra Talhada, vamos ter à disposição este ano, tantos recurso para investir e melhorar a vida do povo de Serra Talhada”, disse.

Duque afirmou que o anúncio  já está consolidado. “Vamos mostrar que fizemos a diferença. Vamos mostrar que fizemos o governo mais assertivo da história”, reforçou Duque, evitando dizer data para o anúncio.

Prefeitura de Petrolina fecha 2019 com cerca de R$ 88,5 milhões investidos em pavimentação

É impossível andar em Petrolina e não perceber as mudanças pelas quais o município passou em 2019. Duplicações em andamento; recapeamento nas principais avenidas; construção de ciclovias; pavimentação na área central, ribeirinha e de sequeiro; e muitas outras obras de lazer, turismo, educação, social e saúde.

Dentre os destaques, a pavimentação tem sido a campeã das reivindicações e também das obras executadas no território petrolinense. A gestão municipal finaliza o ano com cerca de 220 ruas asfaltadas e quase R$ 88,5 milhões investidos na melhoria de vida dos cidadãos. Foram mais de 30 bairros contemplados, apenas com obras de mobilidade.

Para o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, Fred Machado, 2019 foi de muito trabalho. De acordo com o gestor, o município terá mais mudanças e investimentos em 2020. “Graças ao trabalho do prefeito Miguel Coelho e da força política, batemos recorde de obras em Pernambuco. Se por aí a fora já estão assustados com tamanha mudança em Petrolina, os cidadãos podem aguardar ainda mais para 2020: temos tudo para terminar o próximo ano com mais de 500 ruas pavimentadas. Isso fará com que sanemos boa parte do déficit que tínhamos até então”, destaca.

O que vem em 2020:

Atualmente, a prefeitura está executando um contrato de pavimentação de cerca de 60 ruas e aguarda a finalização da licitação de outras 12 avenidas e corredores de ônibus que fazem parte do programa “Avançar Cidades”, do Governo Federal. Para o ano que vem estão sendo esperados mais R$ 60 milhões, em que já foi assinado o convênio junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional, para asfaltar mais 138 vias. Outra parceria firmada que tem dado bons resultados, tem sido com a Codevasf, que permitiu que 22 vias já fossem calçadas e conta ainda com um contrato de mais de 100 ruas em andamento.

Apenas para o primeiro semestre de 2020, estão previstas as conclusões das duplicações da Estrada da Banana e Clementino Coelho, como também das obras da ciclovia do Jatobá, Ponte do Vale do Grande Rio e as requalificações da Orla e do Centro Gastronômico da Eraldo Gueiros.

Fonte: ASCOM

Prefeitura investe cerca de R$ 4 milhões em obras para fortalecer turismo de Petrolina em 2019

Ano a ano o turismo de negócios movimenta o trade de Petrolina, compondo cerca de 80% da atividade turística local. Conhecida nacionalmente por ser polo de agronegócios, a cidade ribeirinha também se destaca pelas belezas naturais proporcionadas pelo Velho Chico, além das boas infraestrutura e organização. Em 2019, a prefeitura fez diversos investimentos no setor de turismo, para proporcionar melhores experiências aos visitantes e, também, atrair um público que venha a passeio.

Um exemplo é a obra de requalificação da Orla 1, principal cartão postal da cidade, que está em andamento. Com o investimento superior a R$ 2 milhões, o projeto inclui a troca do piso por intertravado, ciclovia, sinalização, arborização, instalação de banheiro público e parques infantis. Outro equipamento importante para o turismo é a Oficina do Artesão Mestre Quincas. O local também está sendo reformado e ampliado, para oferecer melhores condições de trabalho aos artesãos, além ser mais atrativa aos turistas e à população petrolinense. O orçamento previsto para obra é R$ 800 mil.

O centro comercial da cidade também está sendo apreciado com melhorias. O Centro Gastronômico Eraldo Gueiros está sendo requalificado, o recurso investido é superior a R$ 680 mil. Os vinte quiosques que estão sendo construídos vão dar um novo visual ao local.

Eventos

Eventos promovidos pela prefeitura também movimentam o trade. Neste ano, o Carnaval de Petrolina, que contou com três polos de entretenimento – Orla, 21 de Setembro e Multicultural -, atraiu cerca de 3.500 turistas e os hotéis da cidade ficaram com 95% de taxa de ocupação. Já o São João, festa que se destaca em âmbito nacional, trouxe mais de 20 mil turistas, vindos de mais de cem cidades. O evento movimentou R$ 228 milhões e gerou 19 mil empregos diretos e indiretos. A última grande festa do ano será o Réveillon, que vai contar com shows e queima de fogos na Porta do Rio.

Verão deve trazer chuvas ao Sertão, diz APAC

O verão, que começou  oficialmente à 1h19 da madrugada deste domingo (21) em Pernambuco, deve trazer temperaturas mais altas ao Estado e, no Sertão pernambucano, o maior índice de chuvas do ano. As informações são da Agência Pernambucana de Águas, a Apac.

De acordo com a agência, a média das temperaturas máximas em Pernambuco no trimestre dezembro, janeiro e fevereiro giram em torno de 34º no Sertão e 32° no Agreste, na Zona da Mata e na Região Metropolitana do Recife (RMR).

O verão também costuma ter os maiores índices pluviométricos no Sertão. Segundo a Apac, a média no Sertão de Pernambuco é de 360 mm (milímetros) e de 330 mm no Sertão do São Francisco. No Agreste, a média é de 217 mm. Já na Zona da Mata, 315 mm, e no Litoral, 490 mm aproximadamente. Para se ter uma ideia, as chuvas na primavera, estação que antecede o verão, costumam ser de, em média, 45 mm no Sertão.

Além de ser a estação mais quente do ano, o verão – que vai até as 3h50 da madrugada de 20 de março – é conhecido por ter dias mais longos.

No entanto, a Apac afirma que, em Pernambuco, o aumento das horas do dia é pouco perceptível devido à localização do Estado.

Posicionado em uma região tropical e perto da Linha do Equador, a incidência dos raios solares em Pernambuco deve manter uma proporção constante, o que implica em uma variação pequena (de poucos minutos) no tamanho do dia.

Carnaval das Caretas 2019