op

Daily Archives: 6 de novembro de 2019

Em Pernambuco, mais de 10% da população vive em extrema pobreza

Segundo o IBGE, são consideradas pessoas em situação de extrema pobreza aquelas que têm renda mensal inferior a R$ 145

JC Online

Mais de 10% da população pernambucana vive em extrema pobreza segundo a Síntese de Indicadores Sociais (SIS) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (6). De acordo com a SIS, são consideradas pessoas em situação de extrema pobreza aquelas que têm renda mensal inferior a R$ 145.

O estudo revelou ainda que cerca de 40% dos pernambucanos vivem abaixo da linha da pobreza. Segundo o IBGE, essas pessoas têm renda mensal per capta entre R$ 145 e R$ 420.

Extrema pobreza no Brasil

No Brasil, o índice de extrema pobreza apresentou piora nos últimos quatro anos. Ao todo, 13,5 milhões de pessoas no Brasil viviam em 2018 com até R$ 145 por mês, o que corresponde a 6,5% da população, após a mínima de 4,5% em 2014.

O IBGE destaca que no Brasil há mais pessoas em situação de pobreza extrema do que toda a população de países como Bolívia, Bélgica, Grécia e Portugal. Desse total, 72,7% são pretas ou pardas.

Petrolina dá novo passo para concessão dos serviços de água e esgoto e abre debate para finalizar edital

Com apenas 3% da rede coletora de esgoto executada pela Compesa, que é a responsável pelas atividades, Petrolina dá mais um passo para selecionar uma nova concessionária para gerenciar os serviços de água e esgoto na cidade.  A minuta do edital elaborada pela Fundação Getúlio Vargas já está pronta e será apresentada aos petrolinenses durante uma audiência pública marcada para a próxima terça-feira (12).

Durante o encontro, que acontece a partir das 10h30, representantes da Fundação irão apresentar os detalhes do documento e também ouvir sugestões da comunidade acerca da minuta do edital que já está sob análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Todo o conteúdo do documento foi construído por representantes da administração municipal e da Fundação Getúlio Vargas, a partir de estudos técnicos recebidos por meio do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) de três empresas especializadas em saneamento básico e do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).

O diretor presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (Armup), Rubem Franca, explica que estes estudos ajudaram a definir as diretrizes para minuta do edital que deve permitir uma nova fase para o abastecimento de água e serviço de esgotamento sanitário de Petrolina. “Foi um processo longo de quase dois anos de estudos e finalização desta minuta de edital. Agora, vamos abrir este debate, ouvir o maior interessado que é a população e amarrar de vez este processo objetivando universalizar os serviços de água e esgoto em nossa cidade” explicou.

Segundo relatórios da Armup, apesar de ser a detentora da concessão, apenas 3% da rede coletora de esgotos de Petrolina foi executada diretamente pela Companhia até hoje. A prefeitura já executou mais de 77% dos serviços relacionados à rede da cidade e agora, mais uma vez, precisou intervir e está atuando fortemente na recuperação de mais de 110 km de rede coletora da bacia do bairro Dom Avelar.

Novembro Azul: prefeitura ofertará mutirão de consultas e exames para homens de Petrolina

A campanha ‘Novembro Azul’ é um movimento mundial que acontece durante todo o mês para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Por conta da mobilização, em Petrolina, a prefeitura vai ampliar o cuidado com a saúde integral do homem de forma contínua.

Para esta campanha, a Secretaria de Saúde ofertará, em forma de mutirão, exames de PSA total e livre, para detectar precocemente casos de câncer de próstata; consultas com urologista e ampliação de ultrassonografia, além de atividades educativas em todas as unidades de saúde.

De acordo com a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque, a intenção é conscientizar os homens para prevenção de doenças e promoção à saúde. “É importante aproximar esse público dos serviços de saúde, para que, não só em novembro, mas que esse cuidado e atenção à saúde seja contínuo”, frisou.

 Câncer de próstata– A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros e as maiores vítimas são homens a partir dos 50 anos, além de pessoas com presença da doença em parentes de primeiro grau, como pai, irmão ou filho.

Prefeitura de Afogados na Semana Nacional de Conciliação

Acontece nesta quarta, em Afogados da Ingazeira, atividades relacionadas à Semana Nacional de Conciliação. As atividades terão pela manhã, na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara.

A ação é uma parceria firmada pela Prefeitura de Afogados da Ingazeira com o centro judiciário de solução de conflitos e cidadania da comarca do município.

Serão ofertados serviços de atendimento da defensoria pública, emissão de carteiras de trabalho, consulta ao SPC e SERASA, segunda via de certidões, negociação e resolução de conflitos, dentre outros serviços.

A Secretaria Municipal de Saúde estará no local realizando aferição de pressão arterial e orientando sobre prevenção de doenças. A Secretaria de Assistência Social, estará com sua equipe atuando no recadastramento do número de identificação social.

Pelo novo Pacto Federativo, municípios de Ingazeira e Itacuruba seriam extintos

JC Online

Pernambuco tem dois municípios que seriam extintos pela Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo do governo federal enviada nesta terça-feira (5) ao Senado.

Pela proposta, os municípios que possuem até cinco mil habitantes e arrecadação própria inferior a 10% da receita total passariam a incorporar, a partir de 2026, o município vizinho.

Em Pernambuco, Itacuruba, com 4.369 habitantes, e Ingazeira, com 4. 496, atendem aos requisitos. Os dados do número de habitantes são do censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e ambos os municípios integram o Sertão pernambucano.

Para o prefeito de Ingazeira, Lino Olegário de Morais (PSB), é difícil que a proposta seja aprovada no Congresso Nacional. “Ao meu ver, a possibilidade dessa proposta ser aprovada pelo Congresso é remota. Ela ainda será analisada pelos parlamentares, isso vai demorar muito e eu não vejo como ela poderia passar. Estados como a Bahia, Paraíba e Alagoas, por exemplo, têm um número muito alto de municípios com menos de 5 mil habitantes. Vamos acompanhar, vamos ver como ela vai ser recebida no Congresso, mas é muito cedo para fazer qualquer julgamento”, disse.

O prefeito de Itacuruba, Bernardo Maniçoba (MDB), não foi localizado pela reportagem até a publicação desta matéria. Assim que ele se pronunciar, o texto será atualizado. Itacuruba está inclusive no meio de um debate sobre a implantação de uma usina nuclear em Pernambuco. Segundo especialistas é o melhor lugar para se implantar a usina. Nesta terça e quarta-feiras a CNBB/NE2 está realizando um debate sobre o tema. A igreja é contra a implantação do equipamento.

De acordo com o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, no Brasil, 1.254 municípios seriam extintos. A proposta, contudo, precisa ser aprovada no Congresso Nacional.

Amupe – O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota (PSB), disse que foi surpreendido pela proposta. “Recebi a proposta do governo como uma bomba. Pensei que fossem fazer uma nova Constituinte, tamanhas as mudanças elencadas pela equipe econômica, e todas elas com grande repercussão e impacto. Por isso, a gente ainda não tem uma análise completa sobre a matéria. Isso carece de um tempo para estudar, não podemos nos levar por uma primeira propaganda e nem condenar tudo sem uma análise em profundidade”, afirmou.

Carnaval das Caretas 2019