Festa em São Vicente

Blog Nil Júnior

O prefeito de Itapetim, Adelmo Moura, esteve reunido com o Secretário de Cultura, Ailson Alves, para anunciar a programação oficial do Réveillon de São Vicente.

No dia 31 de dezembro, o show da virada vai contar com Forró dos Bossas, Forró Precateado, Dantas e Banda.

Dia 1º de janeiro, as atrações serão Bonde do Brasil e Adriano Silva. “Mesmo diante da crise, fizemos um grande esforço para realizar este evento para os itapetinenses”, disse Adelmo.

MPF ingressa com Ação Civil Pública contra Paulo Câmara

Blog de Jamildo

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o secretário estadual de Saúde, José Iran Costa Júnior, são acusados em ação civil pública apresentada pelo Ministério Público Federal por atos de improbidade administrativa. Para a procuradora Silvia Regina Pontes Lopes, não há transparência sobre repasses de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para organizações sociais de saúde, as OSS, que administram hospitais e unidades de pronto-atendimento.

Cálculos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) citados no documento afirmam que os recursos passaram de R$ 144,37 milhões em 2010 para R$ 1.208.027.923,34 em 2017. Para a procuradora, o aumento foi “sem qualquer justificativa plausível”.

De acordo com a ação, no exercício financeiro de 2018, os repasses somam R$ 507.301.501,72.

Usando dados de uma auditoria do Tribunal de Contas, a procuradora apontou que o montante de recursos para as OSS deveriam estar no item “repasses ou transferências de recursos financeiros” nos portais de transparência da secretaria e do governo estadual. Silvia Regina Pontes Lopes aponta ainda que os dados acessíveis são de 2017, estando desatualizados, além de não estarem disponíveis para consulta com filtros para geração de relatórios.

“Veja-se, ainda, que não há nenhuma informação a respeito dos repasses efetivados, isto é, a que título os repasses ocorreram e qual a finalidade de aplicação dos vultosos recursos transferidos pelo Estado de Pernambuco, por intermédio dos ora demandados, às OSS”, afirma também. “Sequer é possível saber onde, quando, como e em que as organizações sociais da área de saúde estão efetuando despesas com o dinheiro do contribuinte brasileiro”.

Para a procuradora, com isso, o governo de Pernambuco – através do governador e do secretário – “viola gravemente o art. 8º, §3º, da Lei de Acesso à Informação (LAI) – Lei Federal n. 12.527/2011, bem como o art. 4º da Lei Estadual n. 14.804/2012 e os princípios constitucionais da legalidade, da publicidade e da moralidade administrativa”.

O documento defende que “não cabe aos demandados (Paulo Câmara e José Iran Costa Júnior) alegar ausência de dolo (intenção)”. Segundo MPF, foi expedida uma recomendação sobre o assunto e o próprio secretário participou de uma audiência pública sobre a necessidade de transparência nos gastos efetivados junto às OSS.

“É de plena ciência da cúpula do Governo do Estado de Pernambuco a omissão decorrente da ausência de transparência nos recursos relativos à área de saúde, especialmente os destinados às OSS. Na verdade, a negação de publicidade aos repasses realizados junto às OSS e os respectivos dispêndios efetivados pelas entidades visa esquivar agentes públicos de eventuais malfeitos cometidos e, o pior, macular de morte qualquer esfera de controle social, político ou judicial”, afirma a procuradora. Silvia Regina Pontes Lopes acusa o governador e o secretário de tratar com desdém a obrigatoriedade de transparência.

Prefeitos e secretários do Pajeú recebem prêmio da Agência MV4

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo João Batista Rodrigues, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sentadas, multidão e área interna

A imagem pode conter: 7 pessoas, multidão e área interna

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área interna

Fotos: Wellington Júnior

Em grande e prestigiado evento realizado no Hotel Brotas pela Agência MV4 de Comunicação e Marketing, gestores da Região do Pajeú receberam homenagens e reconhecimento por suas ações e conquistas durante o ano de 2018.

O prêmio Destaque Político e Gestão foi lançado pela MV4, há 3 anos com o objetivo de homenagear prefeitos, secretários municipais e vereadores da região que mais se destacam durante o ano. O troféu Revista Factus é concedido aos indicados que são definidos pela equipe da agência.

Em 2018 foram indicados como Destaque político e Gestão os prefeitos: José Patriota ( Afogados da Ingazeira), Luciano Duque (Serra Talhada), João Batista ( Triunfo), Sávio Torres ( Tuparetama ) e Marconi Santana de Flores.
Como secretários os indicados foram: Artur Amorim ( Secretário de Saúde de Afogados da Ingazeira), Flávio Marques (Secretário de Administração de Tabira) e Fernando Marques, secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Tuparetama.
Recebeu o troféu Revista Factus também o vereador da cidade de Carnaíba, Gleybson Martins.

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo João Batista Rodrigues, pessoas sorrindo, terno

João Batista (Prefeito de Triunfo)

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo João Batista Rodrigues, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno

A imagem pode conter: João Batista Rodrigues, em pé, terno e área interna

José Patriota (Prefeito de Afogados da Ingazeira)

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Mário Viana Filho, pessoas sorrindo, pessoas em pé, terno e área interna

A imagem pode conter: 7 pessoas, incluindo João Batista Rodrigues, área interna

Luciano Duque (Prefeito de Serra Talhada)

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 2 pessoas, terno e área interna

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e terno

Sávio Torres (Prefeito de Tuparetama)

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Fernando Marques, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Fernando Marques ( Secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Tuparetama)

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Fernando Marques, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Flávio Marques, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna

Flávio Marques (Secretário de Administração de Tabira)

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Mário Viana Filho, pessoas em pé, terno e área interna

Artur Amorim (Secretário de Saúde de Afogados da Ingazeira)

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Gleybson Martins, pessoas em pé, pessoas sentadas e área interna

Gleybson Martins (Vereador de Carnaíba)

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Gleybson Martins, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

 

EMPRESAS RECEBEM PRÊMIO DESTAQUE EMPRESARIAL MV4 REGIÃO DO PAJEÚ

A imagem pode conter: 2 pessoas, área interna

A imagem pode conter: sapatos

A Agência MV4 realizou um grande evento para a entrega do Prêmio Destaque Empresarial Região do Pajeú.
A premiação aconteceu no Espaço Wilson Brito, em Afogados da Ingazeira. A MV4 através da sua diretoria indica as empresas através de consulta interna, seguindo critérios rígidos para escolha dos indicados.
O prêmio acontece há 3 anos e o objetivo é homenagear as empresas da região que se destacam durante o ano.

Os indicados de 2018 são:

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Empresa Energia Solar Original ( Afogados da Ingazeira)

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e área interna

Distribuidora Moto Peças 2 Irmãos (Tabira)

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Mayla Monteiro e Bruno Chateaubriand, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Bruno Chateaubriand Comunicação Visual ( Afogados da Ingazeira)

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Wellington Junior, pessoas sorrindo, pessoas em pé, terno e área interna

Wellington Júnior Fotografia ( Afogados da ingazeira)

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Alexandro Queiroz e Evângela Vieira, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
Rede Avistão de Supermercados ( Carnaíba)

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

 Faculdade Vale do Pajeú ( São José do Egito)

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Miguel Domingos Miguel, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Fábrica de Sorvetes Ping Mel  ( Tabira)

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Laticínios Pajelat ( Iguaracy)

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Rede de Postos Vale do Pajeú ( Carnaíba)

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Hidro Eletro ( Afogados da Ingazeira)

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Denize Sibele Siqueira, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Magno Móveis ( Afogados da Ingazeira)

 

Premiação dos Melhores do ano da Agência MV4, foi sucesso

A imagem pode conter: 5 pessoas, multidão e área interna

Aconteceu no último dia (07), nas dependências do Hotel Brotas, no Espaço Wilson Brito, o grande evento de premiação do Melhores do Ano de 2018.  A entrega dos troféus é realizada pela Agência MV4 há 5 anos, e este ano teve recorde de público e de premiados que foram homenageados com o Troféu Folha do Pajeú, em uma noite festiva e muito prestigiada pelos empresários, políticos e convidados que deram mais brilhantismo ao prêmio.

Um dos momentos mais esperados por todos foi o anúncio do Prêmio “Excelência em Atendimento,” pela primeira vez essa categoria foi pesquisada, e a empresa vencedora foi anunciada apenas no evento, o que trouxe muita curiosidade a todos que participaram da pesquisa. A Bolatheria Goumert, através do empresário Flavio, foi o primeiro a receber esse troféu, que tornou-se uma das categorias mais importantes da pesquisa, já que avalia a satisfação dos clientes com o atendimento das empresas.  Outro título que também teve destaque esse ano foi a entrega do troféu Empresário do Ano, essa categoria existe há 3 anos, tornou-se muito disputada pois o que é avaliado são todos os empresários que participam da pesquisa, individualmente.  O agraciado deste ano foi o empresário Walter Henrique da Galeria São José, que também recebeu o troféu de melhor Vidraçaria de Afogados da Ingazeira.

Durante o evento aconteceu também a entrega do prêmio Destaque Empresarial, Região do Pajeú, que são as empresas que obtiveram êxito em suas ações em 2018, a nível regional. Através de critérios que são avaliados pela equipe da MV4, os nomes são indicados e passam por uma seleção interna, mas sem pesquisa externa. Este ano as empresas que receberam o Troféu Revista Factus foram: Laticínios Pajelat ( Iguaracy), Bruno Chateaubriand Comunicação Visual ( Afogados da Ingazeira),  Faculdade Vale do Pajeú ( São José do Egito),  Rede de Postos Vale do Pajeú ( Carnaíba),  Hidro Eletro ( Afogados da Ingazeira),  Fábrica de Sorvetes Ping Mel  ( Tabira), Aki Balanças ( Afogados da Ingazeira),  Magno Móveis ( Afogados da Ingazeira),  Rede Avistão de Supermercados ( Carnaíba),  Empresa Energia Solar Original ( Afogados da Ingazeira),   Wellington Júnior Fotografia ( Afogados da ingazeira) e a  Distribuidora Moto Peças 2 Irmãos da cidade Tabira.

A Agência MV4, tem buscado a cada ano, inovar e oferecer mais transparência a pesquisa, desde 2017, a empresa formalizou uma parceria com o CDL de Afogados da Ingazeira, deixando os questionários na sede da entidade, com objetivo de disponibilizar acesso rápido aos interessados. Foi realizada também um consultoria através do SEBRAE, no ano passado para tornar a equipe de pesquisadores mais eficientes e preparados como também foi produzido um questionário pelo consultor nos moldes de pesquisas formais. Todos os presentes no evento,  ressaltaram a importância  da pesquisa e a transparência que a MV4 utiliza. O jornalista Mário Viana também foi lembrado pelo seu trabalho sério e organizado.  “Não é fácil organizar uma pesquisa dessa e fazer como Mário Viana faz, com transparência e credibilidade. Por isso acredito neste trabalho da agência, a organização do evento e a grandeza são pontos fortes dessa equipe,” ressaltou José Patriota, prefeito de Afogados da Ingazeira.

Durante o evento, foi servido um coquetel aos convidados e a atração musical, ficou por conta de Adriano Lima e Banda. O diretor e  jornalista  da Agência,  responsável pela pesquisa, Mário Viana, ressaltou  o trabalho da sua equipe para realizar o evento deste ano. “ Neste ano tivemos pouco tempo para organizarmos a pesquisa e o evento, apenas um mês, porém queria agradecer a minha equipe pelo empenho e trabalho para que tudo pudesse acontecer da melhor forma possível. Todos anos tentamos fazer o melhor, o nosso empenho é grande mas acho que os resultados mostram que aos poucos estamos conseguindo,” destacou o jornalista.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, mesa e área interna

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 11 pessoas, incluindo Euclides Neto, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, mesa e área interna

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo João Batista Rodrigues, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Marcos Montinelly e Ivaneide Pessoa, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: 13 pessoas, incluindo Marcos Montinelly, Wellington Junior, Luciano Jose, Hélio Victor, Sibelle Veras e Erika Bezerra, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Mayhara Pires, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Serjão Do Mármore, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, mesa e área interna

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Islla Campos e Wally Ricardo, pessoas sorrindo, pessoas em pé, barba e área interna

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Walter Henrique Barros, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Walter Henrique (Valtinho) Empresário do Ano

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Mário Viana Filho, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Bolatheria Gourmet (Melhor Atendimento)

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, terno e área interna

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas, mesa e área interna

Fotos: Wellington Júnior e Romário Silva  | Iluminação: GM Iluminação

Polícia Civil aceita e Faculdade do Vale do Pajeú construirá prédio para a delegacia de São Jose do Egito

Por: Blog Mais Pajeú
Oficialmente, a Polícia Civil já se manifestou favoravelmente sobre a proposta do Diretor Geral da Faculdade Vale do Pajeú, Cleonildo Lopes da Silva, diante da proposta de construção de uma sede para a Delegacia de São José do Egito em terreno ao lado da faculdade.
A boa notícia foi dada pelo próprio advogado conhecido como Painha, falando ontem a Rádio Cidade FM. “A obra será construída pela Faculdade que fará uma doação de todo terreno e o prédio para que São José do Egito tenha uma Delegacia integrada com o Núcleo de Práticas Jurídicas em um projeto inovador, sem contar com a segurança que ofereceria a própria faculdade”.
Painha disse que o acordo se deu em reunião com o Chefe de Polícia Civil, Joselito Kherle. (Por Anchieta Santos)

Confira a equipe ministerial do governo de Bolsonaro

Com o anúncio do ministro do Meio Ambiente, Bolsonaro fechou seu time de 22 ministros para compor seu governo

Do JC Online

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) concluiu sua escolha dos 22 ministros que ocuparão os cargos nas pastas durante seu governo. O número supera o esperado pela equipe, que anunciava, durante a campanha eleitoral, contar com 15 a 17 ministérios para o Planalto.

O primeiro a ser anunciado, ainda em campanha eleitoral, foi o economista Paulo Guedes, para a pasta da Economia. O último, fechando o primeiro escalão, foi o nome de Ricardo Salles para o Ministério Meio Ambiente. Entre os ministros no total, seis nomes são de militares, sendo quatro do Exército, um da Marinha e um da Aeronáutica.

Confira todo os ministros anunciados:

Superministério da Economia – Paulo Guedes

O economista Paulo Guedes foi o primeiro nome confirmado por Jair Bolsonaro para o seu futuro governo, e começou a ser divulgado ainda durante os primeiros momentos de campanha eleitoral, quando recebeu o apelido de ‘posto Ipiranga’ ou ‘guru’ da economia de Bolsonaro. Guedes nunca ocupou um cargo público antes, e é conhecido por seu viés liberal. Agora, ficará responsável pelo superministério da Economia, que englobará as atuais pastas da Fazenda, Comércio Exterior e Planejamento e Indústria.

Ministério da Casa Civil – Onyx Lorenzoni

O deputado federal do DEM Onyx Lorenzoni, médico veterinário de formação, será o nome a ocupar o cargo de ministro da Casa Civil, que também agregará as responsabilidades da chamada Secretaria de Governo. Ele, que atualmente está no seu quarto mandato consecutivo como deputado, já está atuando na equipe de transição do governo Temer para o governo Bolsonaro.

Superministério da Justiça – Sergio Moro

Juiz federal há 22 anos, Sergio Moro se tornou conhecido nacionalmente pela atuação a frente da força tarefa que comandava a Operação Lava Jato. Entre os casos em que atuou, está o do ex-presidente Lula, preso em abril deste ano. Por essas razões, a principal bandeira do magistrado passou a ser o combate à corrupção, a qual ele promete priorizar atuando pela pasta da Justiça.

Ministério da Agricultura – Tereza Cristina

Tereza Cristina foi a primeira mulher – única, até o momento – anunciada por Bolsonaro para comandar algum ministério, ficando com o da Agricultura. A deputada federal do DEM é engenheira agrônoma e presidente da FPA, e já foi secretária de Desenvolvimento Agrário da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo de Mato Grosso do Sul. Na Câmara, ela foi uma das protagonistas na aprovação do Projeto de Lei 6.299, que flexibiliza as regras para fiscalização e aplicação de agrotóxicos. Inicialmente, a ideia do presidente eleito era fundir a pasta da Agricultura com a do Meio Ambiente, mas, diante de muitas polêmicas, recuou na decisão.

Ministério da Ciência e Tecnologia – Marcos Pontes

Marcos Pontes ganhou notoriedade por ter sido o primeiro e único astronauta brasileiro a ir para o espaço, quando atuou pela Nasa. Depois da sua missão de nove dias, entrou para a reserva da Força Aérea Brasileira e, atualmente, é tenente-coronel da FAB. Nos planos de Bolsonaro para seu governo, o ministério da Ciência e Tecnologia, que Pontes irá comandar, ficará responsável também por cuidar do ensino superior.

Ministério da Defesa – Fernando Azevedo e Silva

O general de exército Fernando Azevedo e Silva foi chefe do Estado Maior do Exército e comandante da Brigada Paraquedista antes de ir para reserva. Em 2019, assumirá a pasta da Defesa. Atualmente, é assessor do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), e foi o nome mais recente a ser anunciado por Bolsonaro.

Ministério da Controladoria-Geral da União – Wagner Rosário

Wagner Rosário Campos é o atual Ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União do governo Temer, tendo assumido o cargo interinamente após a saída de Torquato Jardim. Ele é secretário-executivo da pasta desde agosto de 2016 e também já foi capitão do exército. Até o momento, é o primeiro nome do atual governo anunciado para continuar no cargo após a posse de Bolsonaro.

Ministro da Saúde – Luiz Henrique Mandetta

O ortopedista pediátrico de 53 anos, Luiz Henrique Mandetta (DEM-RS), foi o indicado por Bolsonaro para assumir a pasta. Mandetta não se candidatou a reeleição como deputado federal, e portanto estará sem mandato no próximo ano. A escolha do seu nome foi elogiada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Relações exteriores – Ernesto Fraga Araújo

O embaixador Ernesto Fraga Araújo é diplomata há 29 anos e diretor do Departamento de Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty. O Sinditamaraty (Sindicato dos Servidores do Ministério das Relações Exteriores) saudou a escolha do presidente eleito. O nome de Ernesto Fraga, no entanto, gerou polêmica por textos antigos publicados por ele em um blog nos quais afirma que a Europa representa um “espaço culturalmente vazio”.

Ministro da Educação – Ricardo Vélez Rodríguez

O futuro ministro nasceu na Colômbia, é filósofo e professor da escola do Exercito e ensina também Ciência da Religião na UFJF. Assim como o novo chanceler, Rodríguez também foi alvo de polêmicas por textos antigos publicados online. Em um deles, o colombiano afirma que o regime militar instaurado em 64 é algo para se comemorar.

Secretaria de Governo – Carlos Alberto dos Santos Cruz

O General-de-Divisão Carlos Alberto dos Santos Cruz foi o indicado por Bolsonaro para a Secretaria de Governo. General da reserva do Exército, ele é o quarto militar indicado pelo capitão reformado para integrar o futuro governo até então. Secretário de Segurança na primeira fase do governo Temer, Santos Cruz teve o papel de oferecer o suporte federal à intervenção federal no Rio.

Gabinete de Segurança – General Heleno Ribeiro

O general de exército Augusto Heleno Ribeiro Pereira, é um dos militares mais próximos de Jair Bolsonaro, e até chegou a ser citado para ser vice-presidente da chapa nas eleições 2018. Mesmo não sendo escolhido com o vice, o general participou da elaboração do plano de governo do presidente eleito e também auxiliou na interlocução do candidato do PSL com integrantes da cúpula das Forças Armadas.

Na reserva desde 2011, o general comandou a missão de paz das Nações Unidas no Haiti, foi comandante militar da Amazônia e chefiou o Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército.

Banco Central – Roberto Campos Neto

Com perfil “técnico” de executivo do mercado financeiro, o nome do substituto de Ilan Goldfajn no comando do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, agrada a seus pares e deverá ser bem recebido por investidores, segundo analistas ouvidos pelo Estadão/Broadcast. Para alguns, porém, agora também será importante que a futura equipe econômica reforce sinais de que o BC terá independência de fato.

Secretaria Geral da Presidência – Gustavo Bebianno

Como secretário-geral, Bebianno atuará no Palácio do Planalto e, assim, se mantém muito próximo a Bolsonaro. Ele chegou a ser cotado para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, que acabou ficando nas mãos do juiz Sérgio Moro. Ele foi o primeiro indicado filiado ao partido de Bolsonaro, o PSL.

Infraestrutura – Tarcísio Gomes de Freitas

Futuro ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas é atualmente um dos principais responsáveis pelo programa de concessões em infraestrutura do governo federal. Ocupa a Secretaria de Coordenação de Projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), onde conduz processos para a entrega para a exploração, pela iniciativa privada, de portos, aeroportos, ferrovias, rodovias. Também atua na preparação dos leilões nas áreas de energia, entre outras.

Ministério do Turismo – Marcelo Álvaro Antoni

Marcelo foi reeleito para o cargo de deputado federal na eleição deste ano. Ele está na Câmara desde 2014, onde integrou as comissões de Minas e Energia, Finanças e Tributação, Viação e Transportes, além de comissões externas sobre o Zika vírus e a situação hídrica dos municípios de Minas Gerais.  Esse é o segundo nome do partido do futuro presidente Jair Bolsonaro que é confirmado para uma pasta.

Marcelo foi eleito vereador por Belo Horizonte em 2012. O futuro ministro não completou a graduação em Engenharia Civil pela UniBH.

Ministério de Cidadania e Ação Social – Osmar Terra

Terra foi ministro de Michel Temer no Desenvolvimento Social e deixou o cargo em abril para concorrer à reeleição na Câmara. O nome dele é uma indicação de diversas frentes parlamentares que atuam no Congresso Nacional, como a da assistência social, de deficientes físicos, idosos e doenças raras.

Ministério do Desenvolvimento Regional – Gustavo Canuto

Gustavo Canuto é formado em Engenharia de Computação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB).

Nos últimos dois anos, foi chefe de gabinete do Ministro da Integração Nacional. Também já assumiu compromissos de trabalho nas Secretarias de Aviação Civil e Geral da Presidência da República, além da Agência Nacional de Aviação Civil, segundo seu perfil na página do Ministério da Integração.

Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos – Damares Alves

A pastora e advogada Damares Alves, foi assessora do senador Magno Malta (PSC-ES). Ao ser anunciada, garantiu que trará trazer para o protagonismo mulheres que ainda não foram atingidas por políticas públicas e que vai fazer um amplo pacto pela infância, já que a Secretaria da Infância também vai integrar a Pasta.

Em outras declarações, gerou polêmica ao se posicionar contra o aborto. “Se a gravidez é um problema que dura só nove meses, eu digo para vocês que o aborto é um problema que caminha a vida inteira com a mulher”, disse Damares.

Ministério do Meio Ambiente – Ricardo de Aquino Salles

Ricardo Salles é advogado e administrador, além de fundador do Movimento Endireita Brasil (MEB). Entre 2016 e 2017, Ricardo foi secretário estadual do Meio Ambiente de São Paulo. Antes disso, entre 2013 e 2014, foi secretário particular do então governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Em 2017, o Ministério Público de São Paulo abriu um inquérito de improbidade administrativa contra Ricardo Salles na época em que ele era secretário do Meio Ambiente de São Paulo por possível interferência no processo de elaboração do plano de manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) Várzea do Rio Tietê. O advogado, no entanto, reforça que  as duas decisões liminares da Justiça sobre o caso foram favoráveis até o momento e que ainda não há sentença contra ele.

Histórico de Notícias

dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

 

Af. da Ingazeira-PE

Barragem de Brotas