Agricultura: Prefeitura e SEBRAE promovem diagnóstico sobre potencialidades de Afogados da Ingazeira

Em parceria com o SEBRAE, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira promoveu esta semana uma série de entrevistas com agricultores do município para a elaboração do diagnóstico sobre as potencialidades econômicas do segmento.

O diagnóstico, coordenado pela Secretaria de Agricultura de Afogados, envolve setores importantes da economia local como a caprinovinocultura, bovinocultura, horticultura, piscicultura e apicultura.

O objetivo é colher o máximo de informações possíveis relacionadas a cada cadeia produtiva para que em projetos futuros os agricultores possam vir a ser beneficiados com em futuros projetos de fomento, muitos deles em parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário.

O encontro e as entrevistas foram realizadas na Secretaria Municipal de Agricultura. Também foram visitados produtores rurais das comunidades do Xique-xique e Monte Alegre, além de criadores de suínos do bairro São Cristóvão e produtores das “Castanhas Mãos Crioulas”.

“Com este diagnóstico, vamos utilizar os dados, junto com o SEBRAE, para subsidiar ações e projetos futuros no campo do fomento à produção. Essa é uma ação fundamental para fortalecermos o desenvolvimento produtivo de diversas cadeias produtivas importantes hoje existentes em Afogados”, destacou Valberto Amaral, Secretário Adjunto de Agricultura. O trabalho foi subsidiado e orientado pelo consultor do SEBRAE, Roberto Aquino.

Suspeito de matar agente penitenciário em Afogados da Ingazeira é preso em Petrolina

Um homem de 33 anos foi preso nesta quarta-feira (14) suspeito de matar o agente penitenciário, Charles de Souza Santos, em Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco. O crime ocorreu no dia 21 de janeiro de 2017. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz da vara Criminal da comarca de Afogados da Ingazeira e cumprido pelo 5º Batalhão da Polícia Militar (5ºBPM).

Segundo a polícia, Roberto Oliveira de Azevedo Maia Neto foi preso, por volta das 13h30, no bairro São Jorge em Petrolina. Na sua casa, foi encontrada 18 gramas de maconha, uma quantia em dinheiro e uma arma de Airsoft. Ele estava de posse de documento falsificado.

Roberto e os materiais foram conduzidos para a delegacia de Polícia Civil de plantão em Petrolina. Ele será autuado em flagrante por uso de documento falso e será encaminhado na quinta-feira (15) para audiência de custódia e depois para a Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes em Petrolina. Relembre o caso.

 

Fonte: G1 Petrolina

Em delação, Palocci relata propina em todas as campanhas de Lula e Dilma

O ex-ministro Antonio Palocci citou 12 políticos que teriam recebido, de 16 empresas, mais de R$ 330 milhões em vantagens indevidas. Deste montante, cerca de R$ 270 milhões teriam sido destinados ao Partido dos Trabalhadores entre os anos de 2002 e 2014. As informações constam do acordo de delação premiada que Palocci firmou com a Polícia Federal.

Nesta quarta-feira (14), o site da Revista Veja divulgou o conteúdo de um documento de oito páginas que revela pontos da delação. O material, de abril deste ano, foi assinado pelo responsável pela Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Edson Fachin.

De acordo com Palocci, todas as eleições dos ex-presidentes Lula e Dilma foram financiadas com recursos irregulares de empresas. A maioria das transações teria sido acertada por ele e pelo ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto.

Em troca das propinas, os empresários conseguiam, por exemplo, uma linha de crédito no BNDES e apoio da base governista a medidas que tramitavam no Legislativo.

No documento obtido pela publicação, o ex-ministro petista voltou a falar que, na primeira eleição de Lula, em 2002, ele recebeu US$ 1 milhão do ex-ditador líbio Muamar Kadafi.

Antonio Palocci disse que a empreiteira Camargo Corrêa pagou R$ 50 milhões em vantagens indevidas para pôr fim à Operação Castelo de Areia no Superior Tribunal de Justiça. A Operação, de 2009, investigava suspeitas de irregularidades do grupo em contratos de obras públicas.

Segundo o petista, parte da quantia foi repassada ao PT na forma de doação eleitoral para a campanha de Dilma Rousseff em 2010.

Outros políticos beneficiados

Palocci afirmou que a Camargo Corrêa repassou R$ 1 milhão para a atual presidente do PT, Gleisi Hoffmann. A deputada ainda teria recebido dinheiro de mais duas empreiteiras para a eleição ao Senado em 2010: R$ 2 milhões, via caixa dois, da Odebrecht e R$ 800 mil da OAS.

No documento obtido pela Veja, Antônio Palocci diz que os ex-governadores petistasFernando Pimentel e Tião Viana receberam repasses de empreiteiras na eleição de 2010.

Pimentel teria recebido R$ 2 milhões da Camargo Corrêa, e Viana teria levado R$ 2 milhões da Odebrecht, sendo R$ 1,5 milhão através de caixa dois. Palocci diz que a Odebrecht repassou, também em 2010, R$ 3,2 milhões, via caixa dois, ao ex-senador Lindbergh Farias.

Envolvimento da Qualicorp

Outros R$ 50 milhões teriam sido pagos ao Partido dos Trabalhadores, dessa vez pela Odebrecht, em troca de vantagens no Programa de Desenvolvimento de Submarino.

O dinheiro teria financiado parte da campanha para a reeleição de Dilma Rousseff. Esse episódio já havia sido narrado pelo ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, em seu acordo de colaboração. O ex-ministro petista também cita a Qualicorp.

A administradora de planos de saúde teria repassado recursos ao PT, ao Instituto Lula e à empresa de marketing esportivo Touchdown, de Luis Cláudio, filho caçula do ex-presidente. Em troca, o governo teria concedido benefícios à empresa na Agência Nacional de Saúde Suplementar.

No trecho obtido pelo site da revista Veja, não estão especificados os valores que a Qualicorp teria repassado.

Em nota, a administradora afirmou que “nunca pleiteou ou obteve qualquer tipo de benefício público e jamais transgrediu a lei.”

Já o Partido dos Trabalhadores disse que “nada que Antonio Palocci diga sobre o PT e seus dirigentes tem qualquer resquício de credibilidade.” A sigla ainda afirma que “ele negociou com a Polícia Federal, no âmbito da Lava Jato, um pacote de mentiras para escapar da cadeia e usufruir de dezenas de milhões em valores que haviam sido bloqueados.”

Líder do PCC diz que tinha ‘diálogo cabuloso’ com PT

Reportagem do portal do Estado de S.Paulo informa nesta sexta-feira que um líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) disse em conversa telefônica interceptada pela Polícia Federal que mantinha “diálogo cabuloso” com o PT. Mais: um traficante cita nominalmente o ministro Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato, como (sic) “um filha da p., que veio pra atrasar”.

A reportagem de Luiz Vassallo, Pedro Prata e Fausto Macedo vale cada linha (clique AQUI para ler a íntegra).

Bolsonaro diz que quer ‘tirar Coaf do jogo político’ e vinculá-lo ao BC

O presidente Jair Bolsonaro declarou, nesta sexta-feira (9), que pretende transferir o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Banco Central. O órgão pode ter um quadro efetivo e até mudar de nome, disse Bolsonaro a jornalistas ao deixar o Palácio da Alvorada.

De acordo com ele, o Coaf, com a eventual mudança, vai fazer o “trabalho sem qualquer suspeição de favorecimento político”.

Bolsonaro transferiu o Coaf para o Ministério da Justiça ao assumir o governo. O Congresso, no entanto, devolveu o órgão ao Ministério da Economia.

Na entrevista, Bolsonaro estava ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O destino do presidente do Coaf será decidido pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Perguntado sobre como o órgão ficaria livre de indicações políticas, Bolsonaro citou um exemplo de que poderia sugerir a Moro que tirasse alguém do Coaf enquanto a pasta estivesse no Ministério da Justiça. “Queremos evitar isso aí. Quando menos o Estado, a política, interferir no destino do Brasil, entendo que seja melhor.”

*Com Estadão Conteúdo

Moro diz que é ‘imoral’ assassino ter direito a ‘saidinha’ no Dia dos Pais

“Tem coisas na legislação brasileira que não dá para entender”, afirmou o ministro.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, usou as redes sociais nesta sexta-feira (9) para criticar o benefício de “saidinha” dado a assassinos de pais ou filhos para deixarem a prisão na data comemorativa do Dia dos Pais. Segundo ele, a medida é “imoral” e “afeta a confiança das pessoas na Justiça”

“Parricidas ou filicidas não deveriam sair da prisão em feriado do dia dos pais. É imoral e afeta a confiança das pessoas no império da lei e da Justiça. Mas não adianta culpar o juiz. Precisa mudar a lei atual. Apoie o projeto de lei anticrime”, escreveu.

Antes, Moro havia compartilhado uma publicação em que o presidente da República, Jair Bolsonaro, criticava o benefício dado a Alexandre Nardoni, condenado a 30 anos de prisão pelo assassinato da filha, Isabella.

Sergio Moro

@SF_Moro

Tem coisas na legislação brasileira que não dá para entender, como diz o PR @jairbolsonaro. Estamos trabalhando para mudar. No projeto de lei anticrime, consta a vedação de saídas temporárias da prisão para condenados por crimes hediondos. https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1159556289590177794 

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

– O caso Isabella, ocorrido em 2008, repercutiu em todo o Brasil. A criança de 5 anos foi jogada pela janela de seu apartamento. Hoje o pai, condenado pelo assassinato, é beneficiado pela saída temporária de dia dos pais. Uma grave ofensa contra todos os brasileiros. Lamentável!

Sergio Moro

@SF_Moro

Parricidas ou filicidas não deveriam sair da prisão em feriado do dia dos pais. É imoral e afeta a confiança das pessoas no império da lei e da Justiça. Mas não adianta culpar o juiz. Precisa mudar a lei atual. Apoie o projeto de lei anticrime.

10,8 mil pessoas estão falando sobre isso

“O caso Isabella, ocorrido em 2008, repercutiu em todo o Brasil. A criança de 5 anos foi jogada pela janela de seu apartamento. Hoje o pai, condenado pelo assassinato, é beneficiado pela saída temporária de dia dos pais. Uma grave ofensa contra todos os brasileiros. Lamentável!”, disse o presidente.

“Tem coisas na legislação brasileira que não dá para entender, como diz o presidente. Estamos trabalhando para mudar. No projeto de lei anticrime, consta a vedação de saídas temporárias da prisão para condenados por crimes hediondos”, comentou o ministro.

Nardoni, condenado em março de 2008, deixou na quinta-feira (8) a Penitenciária II de Tremembé, no Vale do Paraíba, interior paulista, para a saída temporária de Dia dos Pais. Ele ganhou o benefício do regime semiaberto em abril por “bom comportamento”. Essa foi a primeira vez em que ganhou a “saidinha”. Ele deve retornar à prisão até segunda (12).

 

Fonte: Jovem Pan News

Kiko Chicabana, Yohannes e Parangolé na 22ª edição do Afogareta

O coordenador do Afogareta 2020, Ney Quidute, anunciou nesta sexta-feira (9), em rede para as rádios locais as atrações do carnaval fora de época de Afogados da Ingazeira, que acontecerá entre os dias 10 e 12 de janeiro do próximo ano.

O evento de 2020 será marcado pela 22ª edição da festa que anima os foliões na Avenida Rio Branco. Por mais um ano, o blog é parceiro oficial do evento. Ney informou que o trio ainda está sendo negociado, mas que a qualidade será a mesma de sempre.

Dia 10, sexta, a atração será Parangolé. Parangolé é uma banda de pagode baiano. Formada em 1998, tornou-se um dos principais grupos do gênero. É atualmente liderada por Tony Salles.

Dia 11, sábado, a atração será Kiko Chicabana, de volta ao evento. Chicabana é uma banda de axé que surgiu na Bahia. Formada em 2007, no meio do sertão baiano. “Nas micaretas que participamos, as pessoas cantam e dançam com nossas músicas. É maravilhosa a sensação de causar alegria na galera com nossa energia”, conta Kiko, cantor da Chicabana.

No domingo, dia 1, a atração foi definida no estilo Forró Elétrico. Comanda a programação Yohannes. O artista volta após bela apresentação na última ediçãodo evento.

Segundo Ney Quidute, o formato do evento em relação ao ano anterior deverá ser mantido com a concentração final no sistema viário. Ele também afirmou que manterá o esquema com várias câmeras de monitoramento, com apoio da polícia.

Ainda destacou que a logística do evento será mantida  com as mudanças que deram certo em 2019, como a vendas de abadás em um stand personalizado anexo aos camarotes e a segurança, envolvendo também profissionais disfarçados.

Edson Moura assume vice-presidência do PSL em Afogados

O ex-prefeito de Tabira, Edson Moura, está confirmado como vice-presidente do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, em Afogados da Ingazeira. A informação foi confirmada ao blog pelo Presidente da legenda, Toninho Valadares.

A Diretoria ainda tem nomes como Wellington Pires (Secretário), Wesley Almeida (Tesoureiro), Josivan Véras e Capitão Sidney Cruz.

A maior surpresa de fato é o médico que para estaria querendo pleiteiar uma presença em chapa majoritária no município. Moura já tinha externado em uma ocasião simpatia pelo projeto do PSL no município.

O partido tem algumas possibilidades para 2020. Uma delas, defendida pela sala mais jovem do partido, a candidatura própria, que a legenda nacional e estadualmente tem estimulado.

Outra possibilidade ventilada é da composição com outro projeto. Aí, ganharia força um possível alinhamento com o ex-prefeito Totonho Valadares.

Afogados: educação comemora posição no IDEPE

 

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Afogados da Ingazeira comemorou em nota a manutenção entre as dez mais no ranking do IDEPE no Estado.

O anúncio oficial será feito nesta quarta (07), no Palácio do Campo das Princesas, em solenidade marcada para ter início às 9h30, com a presença do Governador Paulo Câmara.

O resultado é previamente conhecido uma vez que são convidados para a solenidade os dez melhores colocados em cada uma das categorias de avaliação do Índice de desenvolvimento da educação em Pernambuco (IDEPE).

Esse é o terceiro ano consecutivo em que a rede municipal de educação de Afogados fica em destaque.

O Prefeito José Patriota e a Secretária Municipal de Educação, Veratânia Moraes, deverão acompanhar o evento, que contará com as presenças de Prefeitos e gestores escolares das diversas regiões do Estado.

Por 370 votos, Câmara aprova texto-base da Previdência em 2º turno

Sem surpresas, o plenário da Câmara voltou a ver uma vitória expressiva da reforma da Previdência, dessa vez na votação do texto-base em segundo turno. Foram 369 votos a favor e 124 contrários à proposta que muda as regras de aposentadoria, além de uma abstenção. Resultado próximo ao do primeiro turno, em julho, que teve o placar de 379 a 131.

Exonerado temporariamente para reassumir como deputado federal e votar a favor da PEC na Câmara, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, exaltou o impacto fiscal da reforma, estimado em R$ 930 bilhões nos próximos 10 anos. “Desse projeto, que tem potência fiscal superior a R$ 900 bilhões, vai dar ao Brasil o poder de mostrar aos investidores a importância de que os investimentos venham.”

A quarta-feira (7) vai ser destinada para a votação dos destaques. No segundo turno, só são permitidos os supressivos, ou seja, propostas que retiram trechos da reforma. No total, oito destaques devem ser analisados, sete deles da oposição e um do Partido Novo.

No final da sessão de terça-feira (6) ainda havia quórum para entrar nessa fase da votação, mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, atendeu a pedidos de parlamentares.

Nesta terça, o Governo assinou uma portaria garantindo que nenhum viúvo ou viúva terá pensão inferior a um salário-mínimo. A medida mira um ponto da reforma que ainda gera polêmica entre os deputados: o que determina que o beneficiário receba, em caso da morte do parceiro ou parceira, 60% do benefício do titular, mais 10% por dependente.

Críticos do texto da reforma afirmam que ele daria margem para que alguns recebessem menos que o mínimo. Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a portaria pacifica a questão.

Agora, o Governo tenta encerrar a votação dos destaques na quarta-feira. Para isso, o presidente da Casa convocou sessão a partir das 9 horas e cancelou as votações previstas para as comissões.

A tendência é que todos os destaques sejam rejeitados sem maiores dificuldades. A dúvida é se vai dar tempo de encerrar o processo na quarta ou se os deputados terão que voltar na quinta-feira (8).

*Com informações do repórter Levy Guimarães

Serra: definido local da 229ª Festa de Nossa Senhora da Penha

Após muitas especulações acerca de mudança no local da tradicional Festa de Nossa Senhora da Penha, padroeira de Serra Talhada, a Prefeitura Municipal informa que a festividade permanecerá na Praça Sérgio Magalhães, porém em novo formato nesta 229ª  edição do evento.

A primeira novidade deste ano será o novo formato do Polo Cultura Viva, que permanece apenas com o palco e com as barracas da Padroeira na Praça Sérgio Magalhães. Já o parque de diversões, será instalado na Rua Cornélio Soares, próximo aos Correios.

A decisão foi tomada após entendimento entre as comissões de festa da Paróquia da Penha, Prefeitura Municipal e diretoria da CDL, que definiram o modelo.

A Festa da Padroeira de Serra Talhada começa no dia 29 de agosto e segue até o dia 08 de setembro. Em breve será anunciada a programação oficial.

Usina Hidrelétrica de Sobradinho inicia operação nesta segunda

Folha PE

A primeira etapa da implantação da usina solar fotovoltaica flutuante na Usina Hidrelétrica de Sobradinho, no sertão da Bahia, será inaugurada hoje. Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), a usina, que é construída com os painéis solares colocados no rio São Francisco, entra em operação. Neste primeiro momento, o empreendimento será inaugurado com capacidade instalada de 1 Megawatt pico (MWp).

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) está confirmado no evento, que acontece às 10h, acompanhado do ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima Leite, e do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior. O gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Chesf, José Bione, explica que a primeira etapa vai gerar energia para a usina.

“Inicialmente, será para consumo interno, porque é uma planta de um projeto de pesquisa. Se confirmar sucesso, poderemos projetar para plantas maiores para serem ligadas às subestações das usinas”, explicou Bione. Pela etapa inicial, poderá haver redução na conta de energia elétrica da própria usina.

O projeto visa atender a uma potência instalada de 1 MWp, com um total de 3.792 painéis solares. Esse sistema utiliza uma área de lago de, aproximadamente, 11 mil metros quadrados (m²) para a instalação. Ele vai proporcionar fonte de energia complementar, baixo nível de impacto ambiental e otimização de custos, por exemplo. A expectativa é que, ao todo, a capacidade da usina seja de 2,5 MWp. “Até o fim deste ano, pretendemos acrescentar 1,5 MWp na capacidade”, disse Bione. O investimento para todo o projeto é de R$ 55 milhões. Esse é o maior projeto de Pesquisa e Desenvolvimento desse tipo de tecnologia flutuante no Brasil.

De acordo com a Chesf, para a elaboração do sistema fotovoltaico flutuante, foram levantados dados técnicos da geração, subestação e transmissão de energia elétrica, os dados geográficos do lago, o comportamento dos ventos, a velocidade de vazão da água, entre outros pontos.

A usina flutuante faz parte do desenvolvimento dos projetos de pesquisa e inovação da Chesf, que prevê investimentos de R$ 420 milhões, até 2023. A plataforma fotovoltaica é o destaque dessa inovação. A Chesf prevê também a instalação de 1,25 MWp de fotovoltaica flutuante no reservatório da Usina de Boa Esperança, no Piauí, para o próximo ano.

 

Histórico de Notícias

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

 

Af. da Ingazeira-PE

Barragem de Brotas